Gleisi no Uruguai: “golpista Temer quer enfraquecer Mercosul”

Em sessão do Parlasul em Montevidéu, junto com o senador Roberto Requião (PMDB-PR) e o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) denunciou nesta terça (21) a tentativa de o interino de enfraquecer o bloco comercial formado pelos países do Mercosul; ela também denunciou a conspiração do ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), que estaria minando a união aduaneira do bloco, o que significa seu fim; "O Mercosul foi e é uma conquista importante para nós! Temos aqui também de resistir a essa ofensiva desse governo ilegítimo", defendeu

Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa ordinária. Em discurso, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Foto: Waldemir Barreto - Agência Senado
Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa ordinária. Em discurso, senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR). Foto: Waldemir Barreto - Agência Senado (Foto: Gisele Federicce)

Esmael Morais - A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) denunciou nesta terça (21), no Uruguai, a tentativa de o interino Michel Temer (PMDB) enfraquecer o bloco comercial formado pelos países do Mercosul.

Ela, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) e o deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP) participam da sessão do Parlasul em Montevidéu.

A senadora também denunciou a conspiração do ministro das Relações Exteriores, José Serra (PSDB), que estaria minando a união aduaneira do bloco, o que significa seu fim.

"O Mercosul foi e é uma conquista importante para nós! Temos aqui também de resistir a essa ofensiva desse governo ilegítimo", defendeu Gleisi.

A petista lamentou ainda o fato de o governo provisório isolar-se dos país da região ao suspender pagamentos do Brasil e sua participação em organismos internacionais, especialmente os do Mercosul: Instituto Social, Fundo Cultural, Fundo de Cooperativas, Instituto de Estudos sobre Direitos Humanos.

Gleisi preside a Comissão de Assunto Econômico do Senado (CAE) no Brasil e faz parte da comissão de assuntos econômicos do parlamento do Mercosul.

O senador Roberto Requião, que também debate essas questões, é da mesa diretora do Parlasul. O peemedebista informou, via Twitter, que o colegiado levará hoje à tarde ao plenário a proposta de expulsão do deputado José López, da Argentina.

O representante portenho no Mercosul foi preso na semana passada ao tentar esconder US$ 9 milhões.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247