Ibope: Manuela D'Ávila tem mais votos entre jovens, negros e com faculdade

Entre os entrevistados com 16 a 24 anos, a candidata à Prefeitura de Porto Alegre Manuela D'Ávila (PCdoB) tem 40% das intenções de votos. A população declarada negra e parda garante 33% dos votos à ex-deputada, que tem, ainda, 26% do eleitorado entre os mais instruídos, com ensino superior

Manuela D'avila
Manuela D'avila (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A candidata à Prefeitura de Porto Alegre Manuela D'Ávila (PCdoB) tem apoio dos mais jovens, negros e pardos, e da população mais instruída, indicou a pesquisa Ibope divulgada na última segunda-feira (5) pela RBS, afiliada na TV Globo no Rio Grande do Sul. A ex-deputada federal tem 24% do eleitorado, seguida por José Fortunati (PTB), com 14%, Sebastião Melo (MDB), com 11%, e pelo prefeito Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 9%. Todos estão tecnicamente empatados em segundo lugar por conta da margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Entre os entrevistados com 16 a 24 anos, a comunista tem 40% das intenções de voto. O ex-prefeito José Fortunati (PTB) alcança 18% e Nelson Marchezan Júnior (PSDB), com 8%. As estatísticas foram publicadas em reportagem do portal Uol

Entre as pessoas de 25 a 34 anos, Manuela tem 27%, Fortunati, 12%, e o tucano tem 10%. Entre os mais velhos, com mais de 55 anos, três candidatos aparecem empatados com 15% das intenções de voto: Manuela, Fortunati e o ex-vice-prefeito Sebastião Melo (MDB). Marchezan aparece com 11%. 

A população declarada negra e parda garante 33% dos votos à ex-deputada. Fortunati tem 15% e Melo alcança 10%. 

Entre os brancos, Manuela aparece com 19% e Fortunati com 14%.  Marchezan e Melo têm 11%. Juliana Brizola (PDT) está com 5%. 

A candidata do PCdoB consegue 26% dos votos entre os mais instruídos, que declararam ter ensino superior. Fortunati tem 14%, Melo tem 12% e 10% no atual prefeito. 

Entre as pessoas com ensino médio, Manuela atinge 24%, e Fortunati e Melo estão empatados em 11%. 

Os entrevistados menos instruídos, com ensino fundamental, declaram 22% dos votos em Manuela, 18% em Fortunati e 11% em Marchezan.

No quesito renda familiar, Manuela tem 29% de apoio das pessoas que recebem mais de um e até dois salários mínimos. Com esse público, obtém 29% das intenções de votos. Já Fortunati não aparece muito longe (tem 16%), enquanto Marchezan e Melo estão empatados com 9%.

Entre as pessoas com renda superior a cinco salários mínimos, a ex-deputada tem 22%. Em seguida três candidatos aparecem com diferença pequena - Fortunati (14%), Melo (13%) e Marchezan (12%). Na faixa intermediária, entre dois a cinco salários mínimos, Manuela tem 26% da intenção dos votos. Fortunati aparece com 14%. Marchezan e Melo estão empatados com 10%. 

Entre os evangélicos, quem lidera é o ex-prefeito Fortunati, com 23% dos votos. Depois vêm Manuela (18%) e Melo (10%). Entre os católicos, a ex-deputada 21%, Fortunati, 16%, Melo, 13%, e Marchezan, 11%. 

Foram entrevistadas 805 pessoas entre 3 e 5 de outubro. O número de identificação da pesquisa na Justiça Eleitoral é RS-07152/2020. O nível de confiança é de 95%.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247