Itaipu lidera produção mundial de energia

Usina hidrelétrica do Paraná ultrapassou a chinesa Três Gargantas e voltou à liderança mundial em produção de energia elétrica; a binacional, que pertence ao Brasil e ao Paraguai, também atingiu outra marca histórica, a de maior produtora de energia acumulada do planeta, com mais de 2,312 bilhões de megawats-hora (MWh) desde a entrada em operação, em maio de 1984

Usina hidrelétrica do Paraná ultrapassou a chinesa Três Gargantas e voltou à liderança mundial em produção de energia elétrica; a binacional, que pertence ao Brasil e ao Paraguai, também atingiu outra marca histórica, a de maior produtora de energia acumulada do planeta, com mais de 2,312 bilhões de megawats-hora (MWh) desde a entrada em operação, em maio de 1984
Usina hidrelétrica do Paraná ultrapassou a chinesa Três Gargantas e voltou à liderança mundial em produção de energia elétrica; a binacional, que pertence ao Brasil e ao Paraguai, também atingiu outra marca histórica, a de maior produtora de energia acumulada do planeta, com mais de 2,312 bilhões de megawats-hora (MWh) desde a entrada em operação, em maio de 1984 (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - A Usina de Itaipu, no oeste do Paraná, ultrapassou a chinesa Três Gargantas, e voltou à liderança mundial em produção de energia elétrica. A binacional, que pertence ao Brasil e ao Paraguai, também atingiu outra marca histórica, a de maior produtora de energia acumulada do planeta, com mais de 2,312 bilhões de megawats-hora (MWh) desde a entrada em operação, em maio de 1984.

Mesmo tendo uma capacidade instalada menor (14 mil MW) do que a chinesa (22,4 mil MW), Itaipu produziu 2,5% a mais que Três Gargantas em 2015: foram 89,2 milhões de MWh contra 87 milhões de MWh. Os dados de geração da hidrelétrica chinesa foram divulgados nesta quinta-feira (7).

Itaipu tem mantido o vertedouro aberto desde o dia 17 de novembro para escoar o excedente de água não usado na produção de energia.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247