Justiça ordena retirada de mais 500 mil compartilhamentos de fake news contra Manuela D'Ávila das redes sociais

Juiz Leandro Figueira Martins, da 161ª Zona Eleitoral, deu prazo de 24 horas para que as fake News contra Manuela fossem retiradas das plataformas Instagram, Twitter, YouTube e Facebook

Manuela D'Ávila
Manuela D'Ávila (Foto: Reprodução/Facebook)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Justiça Eleitoral determinou que as redes sociais Instagram, Twitter, YouTube e Facebook retirem do ar mais de meio milhão de compartilhamentos de material com conteúdo falso contra Manuela D'Ávila (PCdoB), que lidera as pesquisas de intenção de voto na disputa pela Prefeitura de Porto Alegre (RS).

Nadecisão, o juiz Leandro Figueira Martins, da 161ª Zona Eleitoral, deu um prazo de 24 para que as fake News contra Manuela fossem retiradas das plataformas. Ao todo, as postagens somam 529.075 compartilhamentos. 

Confira a postagem de Manuela D’Ávila sobre o assunto.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247