Lava Jato teme reação de PMDB e PSDB contra investigações

Investigadores avaliam que a Lava Jato, sob o comando do juiz Sérgio Moro, está chegando ao ápice do núcleo político, revelando o envolvimento de praticamente todos os partidos no esquema de corrupção, e acreditam que a retaliação do Legislativo está em curso e será inevitável; a expectativa é que, se confirmando a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff, o PMDBde Michel Temer conduza uma aliança com a atual oposição para promover alterações legislativas que enfraqueçam o poder de atuação do Ministério Público

Investigadores avaliam que a Lava Jato, sob o comando do juiz Sérgio Moro, está chegando ao ápice do núcleo político, revelando o envolvimento de praticamente todos os partidos no esquema de corrupção, e acreditam que a retaliação do Legislativo está em curso e será inevitável; a expectativa é que, se confirmando a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff, o PMDBde Michel Temer conduza uma aliança com a atual oposição para promover alterações legislativas que enfraqueçam o poder de atuação do Ministério Público
Investigadores avaliam que a Lava Jato, sob o comando do juiz Sérgio Moro, está chegando ao ápice do núcleo político, revelando o envolvimento de praticamente todos os partidos no esquema de corrupção, e acreditam que a retaliação do Legislativo está em curso e será inevitável; a expectativa é que, se confirmando a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff, o PMDBde Michel Temer conduza uma aliança com a atual oposição para promover alterações legislativas que enfraqueçam o poder de atuação do Ministério Público (Foto: Roberta Namour)

247 – Integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato ouvidos em reportagem do Valor, afirmam que já se preparam para resistir à uma ofensiva política encabeçada pelo PMDB para esvaziar as investigações sobre o recebimento de propinas por deputados e senadores no esquema de desvios de recursos descoberto na Petrobras.

Eles avaliam que a Lava Jato está chegando ao ápice do núcleo político, revelando o envolvimento de praticamente todos os partidos no esquema de corrupção, e acreditam que a retaliação do Legislativo está em curso e será inevitável.

A expectativa é que, se confirmando a hipótese de impeachment de Dilma Rousseff, o PMDB conduza uma aliança com a atual oposição para promover alterações legislativas que enfraqueçam o poder de atuação do Ministério Público, dizem.

Procuradores defendem uma reforma politica para acabar com a corrupção (leia aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247