Lula: Bolsonaro tem que saber que tempo da bobagem e da molecagem acabou

Em entrevista à Revista Fórum, o ex-presidente Lula cobrou de Jair Bolsonaro a postura que os brasileiros esperam de quem comanda o Executivo. "Você não ouve nesse governo há quase 9 meses uma palavra chamada desenvolvimento, uma palavra chamada crescimento, distribuição de renda, aumento de salário"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Na entrevista que concedeu ao jornalista Renado Rovai, da Revista Fórum, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva cobrou de Jair Bolsonaro uma postura adequada para o cargo que chefe do Executivo. 

"Eu acho que ele faz muita bobagem. Eu não posso dar conselho, mas o Bolsonaro tem que saber o seguinte, o tempo da bobagem, da molecagem, acabou quando ele era deputado. Ele virou presidente. Se ele não acreditava que fosse ganhar, ele ganhou. Então, exercer o cargo de presidente da República é uma coisa muito séria, você tem que medir as palavras, tem que pensar. Obviamente você pode errar uma ou outra coisa, mas ele faz questão de errar em tudo", disse a Rovai. 

Lula classificou a política do governo Bolsonaro como um "desastre". "Você não ouve nesse governo há quase 9 meses uma palavra chamada desenvolvimento, uma palavra chamada crescimento, distribuição de renda, aumento de salário. Só existe a palavra de controle de gastos, palavra de ajuste, e o ministro da Economia com uma loucura de juntar 1 trilhão. Eu não sei para que que ele quer 1 trilhão. Do que vale juntar 1 trilhão se o povo está passando fome, se o povo está desempregado, se o povo está sem salário, sem condições onde morar, até dinheiro de pesquisa. Como a gente quer fazer uma guerra com a Venezuela se os nossos soldados não têm dinheiro para almoçar?", questionou. 

A entrevista completa de Lula à Revista Fórum será exibida às 21h desta quinta-feira, 19, no canal da Fórum no Youtube

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email