Manuela: nacionalismo do governo Bolsonaro é de fachada

A deputada estadual no Rio Grande do Sul Manuela D'Ávila (PCdoB) bateu duro no governo Bolsonaro após o acordo que zera as alíquotas de importação de bens de capital, informática e telecomunicações que têm produtos nacionais similares; "Brasil acima de tudo? Esse é o Nacionalismo de fachada, de fake news do Presidente da República e de sua turma"

Manuela D'Ávila
Manuela D'Ávila (Foto: Thallita Oshiro)

247 - A deputada estadual no Rio Grande do Sul Manuela D'Ávila (PCdoB) bateu duro no governo do presidente Jair Bolsonaro após o acordo que zera as alíquotas de importação de bens de capital, informática e telecomunicações que têm produtos nacionais similares. A Camex (Câmara de Comércio Exterior) só aguarda aval do ministro da Economia, Paulo Guedes, para baixar a resolução.

"Brasil acima de tudo? Esse é o Nacionalismo de fachada, de fake news do Presidente da República e de sua turma. Essa medida acaba com qualquer perspetiva de desenvolvimento e retomada da indústria nacional e, com isso, de empregos de melhor remuneração às trabalhadoras e aos trabalhadores brasileiros. Governo Bolsonaro, ao contrário dos países desenvolvidos, que cada vez mais protegem os seus empregos, adota medidas que agravam a desindustrialização do Brasil", escreveu a parlamentar no Facebook.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247