Menor filho de PM é torturado e morto

Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto em um frigorífico desativado próximo à rodovia PR-323 em Umuarama, no noroeste do Paraná; de acordo com a Polícia Civil, o garoto é filho de um policial militar que presta serviço em Loanda e foi vítima de um assalto na casa onde mora com a família; o delegado da Polícia Civil em Umuarama, Pedro Fontana, não descarta a possibilidade do adolescente ter sido morto porque os suspeitos descobriram que ele era filho de um policial militar. "Essa é uma hipótese que não descartamos", disse

Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto em um frigorífico desativado próximo à rodovia PR-323 em Umuarama, no noroeste do Paraná; de acordo com a Polícia Civil, o garoto é filho de um policial militar que presta serviço em Loanda e foi vítima de um assalto na casa onde mora com a família; o delegado da Polícia Civil em Umuarama, Pedro Fontana, não descarta a possibilidade do adolescente ter sido morto porque os suspeitos descobriram que ele era filho de um policial militar. "Essa é uma hipótese que não descartamos", disse
Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto em um frigorífico desativado próximo à rodovia PR-323 em Umuarama, no noroeste do Paraná; de acordo com a Polícia Civil, o garoto é filho de um policial militar que presta serviço em Loanda e foi vítima de um assalto na casa onde mora com a família; o delegado da Polícia Civil em Umuarama, Pedro Fontana, não descarta a possibilidade do adolescente ter sido morto porque os suspeitos descobriram que ele era filho de um policial militar. "Essa é uma hipótese que não descartamos", disse (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247- Um adolescente de 16 anos foi encontrado morto em um frigorífico desativado próximo à rodovia PR-323 em Umuarama, no noroeste do Paraná, por volta das 21h de quarta-feira (4). De acordo com informações da Polícia Civil, o garoto é filho de um policial militar que presta serviço em Loanda e foi vítima de um assalto na casa onde mora com a família. O delegado da Polícia Civil em Umuarama, Pedro Fontana, não descarta a possibilidade do adolescente ter sido morto porque os suspeitos descobriram que ele era filho de um policial militar. "Essa é uma hipótese que não descartamos", disse ele, conforme relato do G1. O menor foi levado até o frigorífico e torturado antes da morte, segundo a polícia.

Um dos suspeitos do crime foi preso e outros dois homens, também apontados como autores do crime, morreram após um confronto com policiais militares.

A PM informou que os dois suspeitos mortos se esconderam no Parque de Exposições na noite de quarta, mas na madrugada desta quinta-feira (5) os policiais localizaram a dupla próximo a um posto de combustíveis.

A Polícia Civil tentará identificar os dois homens que morreram no confronto com a PM, pois os suspeitos não possuíam documentos de identificação.

O corpo do adolescente foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Umuarama.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247