Moro é alvo de protestos durante palestra em NY

Em sua fala no evento sobre corrupção na América Latina, o juiz da Lava Jato disse, sem citar o ex-presidente Lula diretamente, que "as pessoas têm ilusões sobre alguns ídolos, mas é hora de verem a verdade"; os manifestantes gritavam em inglês que Moro "vende sentenças" e listavam benefícios de seu cargo no Brasil, como o auxílio-moradia; o polêmico benefício para magistrados não foi citado na palestra de Moro

Curitiba- PR- Brasil- 24/10/2016- O o juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, durante sessão especial na Assembléia Legislativa do Paraná (ALEP). Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP
Curitiba- PR- Brasil- 24/10/2016- O o juiz Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol, durante sessão especial na Assembléia Legislativa do Paraná (ALEP). Foto: Pedro de Oliveira/ ALEP (Foto: Gisele Federicce)

Paraná 247 - O juiz Sergio Moro, da Lava Jato, foi alvo de um protesto no local onde fez uma palestra nesta sexta-feira 2 em Nova York.

Os manifestantes, que enfrentaram chuva e neve para protestar, gritavam em inglês que Moro "vende sentenças" e listavam benefícios de seu cargo no Brasil, como o auxílio-moradia, segundo relatos do repórter Silas Martí, da Folha de S.Paulo.

Um cartaz com um retrato de Lula dizia que o ex-presidente é inocente e outro afirmava que a decisão do magistrado no caso do tríplex - de condenação contra Lula - "envergonhou o Brasil".

Moro chegou antes do início do protesto, que ocorreu na porta da Americas Society, o think-tank que organizou o evento sobre corrupção na América Latina. Em sua fala, Moro disse, sem citar Lula diretamente, que "as pessoas têm ilusões sobre alguns ídolos, mas é hora de verem a verdade".

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247