Moro muda de ideia e barra R$ 10 mi para João Santana e Monica Moura

Valor havia sido liberado pelo juiz Sergio Moro ao casal na semana passada; o magistrado mudou então sua própria determinação alegando que "por lapso e diante do grande número de processos", autorizou "a liberação do numerário sem antes ter apreciado" um pleito da Procuradoria da Fazenda sobre a indisponibilidade

Valor havia sido liberado pelo juiz Sergio Moro ao casal na semana passada; o magistrado mudou então sua própria determinação alegando que "por lapso e diante do grande número de processos", autorizou "a liberação do numerário sem antes ter apreciado" um pleito da Procuradoria da Fazenda sobre a indisponibilidade
Valor havia sido liberado pelo juiz Sergio Moro ao casal na semana passada; o magistrado mudou então sua própria determinação alegando que "por lapso e diante do grande número de processos", autorizou "a liberação do numerário sem antes ter apreciado" um pleito da Procuradoria da Fazenda sobre a indisponibilidade (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Paraná 247 - O juiz Sergio Moro mudou sua própria determinação de liberar R$ 10 milhões ao casal João Santana e Monica Moura e argumenta que tomou a decisão, na última quarta-feira 16, "por lapso e diante do grande número de processos".

A defesa do casal sustenta que eles passam por dificuldades financeiras. Os dois foram responsáveis por várias campanhas do PT nos últimos anos. Ao todo, eles têm R$ 28,7 milhões bloqueados pela Justiça.

Moro disse ainda que autorizou "a liberação do numerário sem antes ter apreciado" um pleito da Procuradoria da Fazenda sobre a indisponibilidade. "Em vista da referida decisão na medida cautelar fiscal exarada por outro Juízo, fica prejudicada a liberação dos aludidos R$ 10 milhões", afirmou.

O casal foi preso em fevereiro de 2016, no âmbito da Operação Lava Jato, e solto seis meses depois.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email