Oposição vai protocolar CPI para investigar propinoduto no governo Richa

O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) informou que na próxima segunda-feira (5) vai protocolar na Assembleia Legislativa um pedido de CPI para investigar a existência de um propinoduto do governador Beto Richa (PSDB), conforme denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR); Arruda acusou Richa de fazer achaque para receber propina de empreiteiros que têm obras no governo estadual; a discussão gira em torno da construção de uma ponte sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, no Norte do Estado; a nova travessia terá investimento de R$ 15,1 milhões

O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) informou que na próxima segunda-feira (5) vai protocolar na Assembleia Legislativa um pedido de CPI para investigar a existência de um propinoduto do governador Beto Richa (PSDB), conforme denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR); Arruda acusou Richa de fazer achaque para receber propina de empreiteiros que têm obras no governo estadual; a discussão gira em torno da construção de uma ponte sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, no Norte do Estado; a nova travessia terá investimento de R$ 15,1 milhões
O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) informou que na próxima segunda-feira (5) vai protocolar na Assembleia Legislativa um pedido de CPI para investigar a existência de um propinoduto do governador Beto Richa (PSDB), conforme denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR); Arruda acusou Richa de fazer achaque para receber propina de empreiteiros que têm obras no governo estadual; a discussão gira em torno da construção de uma ponte sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, no Norte do Estado; a nova travessia terá investimento de R$ 15,1 milhões (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) informou ao Blog do Esmael que na próxima segunda-feira, dia 5, vai protocolar na Assembleia Legislativa um pedido de CPI para investigar a existência de um propinoduto do governador Beto Richa (PSDB), conforme denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR) nas redes sociais.

No grupo de WhatsApp do Blog do Esmael, nesta quinta (1º), Arruda acusou Richa de fazer achaque para receber propina de empreiteiros que têm obras no governo do estado.

A discussão girava entorno da construção de uma ponte sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, no Norte do Estado. A nova travessia terá 210 metros de comprimento e o investimento final será de R$ 15,1 milhões.

“Obra importante! Pena Q ta superfaturada e o Richa ta levando uma comissão. Garanto que é mais do que aquele relógio que ele [o governador] levou do FANINI. Investigação em curso”, revelou Arruda no grupo de WhatsApp do Blog do Esmael.

O líder do tucano na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), minimizou a denúncia de Arruda chamando-o de “irresponsável” e de “ciumento”.

“É um irresponsável, ciúmes de homem é pior que o de mulher!”, cutucou o líder governista.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247