"Os seus pecados Dirceu admitiu", diz advogado

O ex-ministro José Dirceu admitiu que recebeu favores, como viagens de jatinhos e reformas em seus imóveis, mas negou ter indicado Renato Duque para uma diretoria da Petrobras; seu advogado, Roberto Podval criticou o perdão aos delatores; "Não tô dizendo ninguém aqui é santo. O Zé está assumindo suas culpas. Mas todo mundo aqui fez delação jogando nas costas dele que é mais fácil. Devolveram 80 milhões, ficaram com 40, estão rindo, todos soltos. Vejam quanto os delatores pagaram e com quanto ficaram. E quem não delatou é ruim e está preso", afirmou

O ex-ministro José Dirceu admitiu que recebeu favores, como viagens de jatinhos e reformas em seus imóveis, mas negou ter indicado Renato Duque para uma diretoria da Petrobras; seu advogado, Roberto Podval criticou o perdão aos delatores; "Não tô dizendo ninguém aqui é santo. O Zé está assumindo suas culpas. Mas todo mundo aqui fez delação jogando nas costas dele que é mais fácil. Devolveram 80 milhões, ficaram com 40, estão rindo, todos soltos. Vejam quanto os delatores pagaram e com quanto ficaram. E quem não delatou é ruim e está preso", afirmou
O ex-ministro José Dirceu admitiu que recebeu favores, como viagens de jatinhos e reformas em seus imóveis, mas negou ter indicado Renato Duque para uma diretoria da Petrobras; seu advogado, Roberto Podval criticou o perdão aos delatores; "Não tô dizendo ninguém aqui é santo. O Zé está assumindo suas culpas. Mas todo mundo aqui fez delação jogando nas costas dele que é mais fácil. Devolveram 80 milhões, ficaram com 40, estão rindo, todos soltos. Vejam quanto os delatores pagaram e com quanto ficaram. E quem não delatou é ruim e está preso", afirmou (Foto: Leonardo Attuch)

247 – Em seu depoimento à Justiça Federal do Paraná, o ex-ministro José Dirceu "admitiu seus pecados", segundo informa o jornalista Ricardo Brandt (leia aqui). 

Esse pecados seriam ter aceito reformas em seus imóveis em São Paulo e Vinhedo, pagas pelo delator Milton Pascowitch, e viagens de jatinho oferecidas pelo também delator Júlio Camargo.

“Os seus pecados o Zé Dirceu admitiu”, afirmou seu advogado, o criminalista Roberto Podval. No entanto, ele fez críticas aos delatores que colocaram seu cliente na cadeia.

“É só olhar as propriedades, o dinheiro que o Zé tem para saber qual é a verdade disso. Corrupção na Petrobrás? As acusações (contra Dirceu) não se sustentam. Se ele é o mentor do esquema porque precisa de alguém (para reformar seus imóveis)? Todos os diretores (da Petrobrás) com milhões e milhões. Não tô dizendo ninguém aqui é santo. O Zé está assumindo suas culpas. Mas todo mundo aqui fez delação jogando nas costas dele que é mais fácil. Devolveram 80 milhões, ficaram com 40, estão rindo, todos soltos. A gente pode gostar e pode não gostar do PT, mas a questão política é uma. Não é defender o PT, mas defender as coisas como elas são. Pessoas injustamente vão ficar presas. Ele (Dirceu) preso e pessoas com milhões soltas. Vejam quanto os delatores pagaram e com quanto ficaram. E quem não delatou é ruim e está preso”, afirmou Podval.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247