Paraná já tem 90 escolas ocupadas contra MP do Ensino Médio

O balanço é do movimento Ocupa Paraná; no fim de semana, eram 50 as escolas ocupadas no estado; mais 40 foram ocupadas somente na manhã desta segunda (10); estudantes protestam contra a reforma do ensino médio (MP 746), que os manifestantes ironicamente chamam de "Lei Alexandre Frota", a PEC 241, que congela investimentos na educação por 20 anos, e contra o desmonte do ensino público pelo governo Beto Richa (PSDB); a tendência é que mais escolas sejam ocupadas

O balanço é do movimento Ocupa Paraná; no fim de semana, eram 50 as escolas ocupadas no estado; mais 40 foram ocupadas somente na manhã desta segunda (10); estudantes protestam contra a reforma do ensino médio (MP 746), que os manifestantes ironicamente chamam de "Lei Alexandre Frota", a PEC 241, que congela investimentos na educação por 20 anos, e contra o desmonte do ensino público pelo governo Beto Richa (PSDB); a tendência é que mais escolas sejam ocupadas
O balanço é do movimento Ocupa Paraná; no fim de semana, eram 50 as escolas ocupadas no estado; mais 40 foram ocupadas somente na manhã desta segunda (10); estudantes protestam contra a reforma do ensino médio (MP 746), que os manifestantes ironicamente chamam de "Lei Alexandre Frota", a PEC 241, que congela investimentos na educação por 20 anos, e contra o desmonte do ensino público pelo governo Beto Richa (PSDB); a tendência é que mais escolas sejam ocupadas (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - Já são 90 escolas ocupadas por estudantes no Paraná, segundo balanço nesta segunda (10) do movimento Ocupa Paraná.

No fim de semana, eram 50 as escolas ocupadas no estado. Portanto, novas quarenta foram ocupadas somente na manhã de hoje.

As ocupações são contra a reforma do ensino médio (MP 746), a Lei Alexandre Frota; a PEC 241, que congela investimentos na educação por 20 anos; e contra o desmonte do ensino público pelo governo Beto Richa (PSDB).

A tendência é que mais escolas sejam ocupadas no estado nas próximas horas que antecedem a deflagração da greve nas 2,1 mil escolas da rede estadual no Paraná.

“Orgulho dos estudantes de meu Paraná que se manifestam contra a absurda PEC 241. Na falta de partidos fala, com força, a juventude. Parabéns”, declarou o senador Roberto Requião (PMDB-PR).

Além de parlamentares, pais, professores e demais profissionais liberais declararam apoio às ocupações dos estudantes.

Em nota oficial, a APP-Sindicato, que representa 100 mil educadores, e o SindijorPR (Sindicato dos Jornalistas), também se posicionaram favoráveis à manifestação do movimento estudantil, que luta contra a arbitrariedade dentro das escolas.

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247