Pessuti refuta aliança com PSDB paranaense

O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB, reafirmou sua fé na candidatura própria do partido ao governo do Paraná; em carta, ele evita falar na sua candidatura ao Palácio Iguaçu, mas ressalta que defende o projeto autônomo do PMDB; "Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido"

Curitiba, 09-06-2008 - Reunião do Conselho Revisor - Vice-governador Orlando Pessuti
Foto: Carlos Soares-SECS
Curitiba, 09-06-2008 - Reunião do Conselho Revisor - Vice-governador Orlando Pessuti Foto: Carlos Soares-SECS (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - O ex-governador Orlando Pessuti, secretário-geral do PMDB, de Paris, na França, enviou nesta quarta (16) reafirmando sua fé na candidatura própria do partido ao governo do Paraná.

O peemedebista e a esposa, Dona Regina, fazem peregrinação no o Santuário de Nossa Senhora de Lourdes naquele país do velho continente.

Na carta, Pessuti evita falar na sua candidatura ao Palácio Iguaçu, mas ressalta que defende o projeto autônomo do PMDB. "Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido", ordena.

Na matemática de experientes analistas políticos Pessuti e o senador Roberto Requião, juntos, somariam mais de 90% dos votos na convenção estadual do PMDB prevista para junho.

Na prática, o secretário-geral do PMDB, da França, fulmina a hipótese de coligação com o governador Beto Richa:

A seguir, leia a íntegra carta de Pessuti:

Caro Esmael:

Para recarregar a bateria, a Regina e eu estamos no Santuário de Nossa Senhora de Fátima aqui na França. Em seguida vamos até o Vaticano, comemorando a Semana Santa. Antes do final do mês estaremos de volta ao Paraná para completar o roteiro de visitas às bases peemedebistas.

Estamos avaliando os contatos feitos em mais de 300 municípios e já concluímos que o nosso partido continua o maior do Estado e com condições de vitória na próxima eleição majoritária. Evidências matemáticas como o fato de que apenas dois dos últimos oito governos do Paraná não foram do PMDB, reforçam a nossa crença partidária.

Também estamos convictos de que o partido caminha para uma prévia para definir a candidatura própria ao Palácio Iguaçu. Nenhum peemedebista consciente vai trabalhar contra o partido. Com certeza a diminuição da importância da sigla não está na pauta do PMDB. A folha de serviços prestados ao Estado credenciou a sigla como um patrimônio institucional.

Abraços

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247