PF também pede para Moro adiar depoimento de Lula

Depois da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do governo do Paraná, a Polícia Federal pediu ao juiz Sergio Moro que adie o interrogatório do ex-presidente Lula que está agendado para o dia 3 de maio; no documento, o superintendente da PF no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, diz que precisa solicitar "mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para audiência que será realizada"

Depois da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do governo do Paraná, a Polícia Federal pediu ao juiz Sergio Moro que adie o interrogatório do ex-presidente Lula que está agendado para o dia 3 de maio; no documento, o superintendente da PF no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, diz que precisa solicitar "mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para audiência que será realizada"
Depois da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do governo do Paraná, a Polícia Federal pediu ao juiz Sergio Moro que adie o interrogatório do ex-presidente Lula que está agendado para o dia 3 de maio; no documento, o superintendente da PF no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco, diz que precisa solicitar "mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para audiência que será realizada" (Foto: Gisele Federicce)

Paraná 247 - A Polícia Federal pediu ao juiz Sergio Moro, qeu julga os processos da Lava Jato em primeira instância, que adie o interrogatório do ex-presidente Lula em Curitiba, agendado para o dia 3 de maio.

Também nesta segunda-feira 24, a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do governo do Paraná fez o mesmo pedido a Moro, alegando em ofício preocupação com possível "deslocamento de movimentos populares" para a capital.

O pedido da PF foi assinado pelo superintendente da corporação no Paraná, delegado Rosalvo Ferreira Franco. No documento, ele diz que precisa solicitar "mais tempo para realizar as tratativas com os órgãos de segurança e de inteligência para audiência que será realizada".

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247