PM do Paraná se confundiu ao anunciar a prisão de Paulo Cupertino, diz delegado de SP

Mais cedo, as autoridades do Paraná haviam anunciado a prisão de Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele e que está foragido há um ano e quatro meses, mas a informação foi desmentida

Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele
Paulo Cupertino, acusado de matar o ator Rafael Miguel e os pais dele (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Polícia Civil de São Paulo afirmou que a Polícia Militar do Paraná se confundiu ao anunciar a prisão de Paulo Cupertino, acusado de assassinar o ator Rafael Miguel e os pais dele, informa reportagem do portal G1.

A informação foi passada pelo delegado-geral de São Paulo, Ruy Ferraz Fontes. De acordo com o portal, é esperado um anúncio da PM do Paraná, esclarecendo a prisão nas próximas horas, ao contrário do que foi informado anteriormente.

Mais cedo, as autoridades do Paraná anunciaram a detenção do acusado, que está foragido há um ano e quatro meses. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247