Presidente do Incra no RS, acusado de violar normas sanitárias, morre vítima da Covid-19

Tarso Teixeira havia sido denunciado ao Ministério Público do Trabalho no passado por desrespeitar as normas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus e por colocar a vida dos servidores em risco

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O presidente do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) no Rio Grande do Sul, Tarso Teixeira, morreu na manhã desta segunda-feira (4) vítima da Covid-19.

Teixeira havia sido denunciado ao Ministério Público do Trabalho no passado por desrespeitar as normas sanitárias de prevenção ao novo coronavírus e por colocar a vida dos servidores em risco. 

A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, lamentou a morte do superintendente: “Ele estava realizando um grande trabalho no instituto para regularização de terras no estado. Meus sentimentos aos familiares, amigos e a todos os colegas de trabalho”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247