Professores entram na Justiça contra Richa

O governador Beto Richa (PSDB) é oficialmente o primeiro gesto do estado a descumprir a lei do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) desde a sua criação, há uma década; mais do que isso, ao cancelar as turmas do PDE 2015, ele descumpriu um importante item do acordo que pôs fim à greve da educação no estado; "Por conta disso, a APP-Sindicato entrou com pedido de liminar na Justiça exigindo que se cumpra o que é de direito e determinado por lei", afirmou o secretário de comunicação da entidade representativa dos trabalhadores no magistério, Luiz Fernando Rodrigues

O governador Beto Richa (PSDB) é oficialmente o primeiro gesto do estado a descumprir a lei do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) desde a sua criação, há uma década; mais do que isso, ao cancelar as turmas do PDE 2015, ele descumpriu um importante item do acordo que pôs fim à greve da educação no estado; "Por conta disso, a APP-Sindicato entrou com pedido de liminar na Justiça exigindo que se cumpra o que é de direito e determinado por lei", afirmou o secretário de comunicação da entidade representativa dos trabalhadores no magistério, Luiz Fernando Rodrigues
O governador Beto Richa (PSDB) é oficialmente o primeiro gesto do estado a descumprir a lei do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) desde a sua criação, há uma década; mais do que isso, ao cancelar as turmas do PDE 2015, ele descumpriu um importante item do acordo que pôs fim à greve da educação no estado; "Por conta disso, a APP-Sindicato entrou com pedido de liminar na Justiça exigindo que se cumpra o que é de direito e determinado por lei", afirmou o secretário de comunicação da entidade representativa dos trabalhadores no magistério, Luiz Fernando Rodrigues (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O governador Beto Richa (PSDB) aplicou um novo calote nos professores do Paraná. Isto em pouco menos de três meses do Massacre de 29 de abril. O tucano é oficialmente o primeiro gesto do estado a descumprir a lei do Programa de Desenvolvimento da Educação (PDE) desde a sua criação, há uma década. Mais do que isso, ao cancelar as turmas do PDE 2015, ele descumpriu um importante item do acordo que pôs fim à greve da educação no estado.

"Não houve diálogo, sequer fomos informados. Soubemos pela imprensa que não haveria PDE este ano. Por conta disso, a APP-Sindicato entrou com pedido de liminar na Justiça exigindo que se cumpra o que é de direito e determinado por lei", disse ao Blog do Esmael o secretário de comunicação da entidade representativa dos trabalhadores no magistério, Luiz Fernando Rodrigues.

Para quem não conhece, o PDE é um mestrado que tem turmas abertas anualmente. São duas mil vagas abertas a cada temporada com o objetivo de aperfeiçoar o conhecimento e a metodologia de ensino dos professores em todo estado visando fortalecer a qualidade do ensino básico nas escolas paranaenses.
Desde sua criação, em 2004, na gestão de Roberto Requião (PMDB), nenhum governador do estado havia cancelado uma turma.

"Beto Richa elegeu a educação para pagar suas dívidas. Eles alegam que não têm dinheiro para promover o PDE. Foi assim no início do ano, com o pacotaço, e pelo visto não vai parar. O sentimento é de que a educação, os professores e servidores da rede estadual de ensino é que estão pagando a conta para o governo fazer caixa", declarou o secretário da APP.

Além da liminar, a APP já formalizou junto ao Palácio Iguaçu o pedido de abertura do PDE 2015 para este semestre, conforme acordo anterior, e enviou um segundo ofício pedindo uma reunião com os representantes do governo Beto Richa, antes da Assembleia da APP programada para as próximas semanas.

"O que nós queremos saber é: onde está todo o dinheiro do estado? Só da educação, esse governo anunciou recentemente o corte de mais de R$ 400 milhões, e segue dizendo que nunca tem dinheiro", questionou Fernando Rodrigues.

Em nota, a APP informou que "No pedido de liminar, a APP alerta que professores credenciados para fazer o PDE já têm, hoje, programadas suas vidas em função da participação no Programa" e concluiu dizendo que o PDE também é um dos itens que possibilita o avanço para o nível III da tabela, conforme previsto no plano de carreira do magistério estadual.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email