Professores permanecem em greve no Paraná

Os professores e funcionários da rede estadual de ensino do Paraná decidiram, nesta quarta-feira (4), manterá a paralisação da categoria que entra em seu 24º dia de greve.; de acordo com o sindicato da categoria, cerca de 20 mil servidores participaram da assembleia realizada nesta quarta-feira na assembleia que votou pela manutenção da paralisação; a mobilização alcança cerca de 100 mil servidores estaduais e deixa 950 mil alunos sem aulas em todo o Estado

Curitiba- PR- Brasil- 25/02/2015- Cerca de 50 mil pessoas participam de protestos em favor dos professores da rede pública estadual de ensino do Paraná. Foto: Joka Madruga/ APP
Curitiba- PR- Brasil- 25/02/2015- Cerca de 50 mil pessoas participam de protestos em favor dos professores da rede pública estadual de ensino do Paraná. Foto: Joka Madruga/ APP (Foto: Paulo Emílio)

247 - Os professores e funcionários da rede estadual de ensino do Paraná decidiram, nesta quarta-feira (4), manterá a paralisação da categoria que entra em seu 24º dia de greve. De acordo com o sindicato da categoria, cerca de 20 mil servidores participaram da assembleia realizada nesta quarta-feira no Estádio da Vila Capanema que votou pela manutenção da paralisação. A mobilização alcança cerca de 100 mil servidores estaduais e deixa 950 mil alunos sem aulas em todo o Estado.

"Nossa greve vai continuar por tempo indeterminado por causa do impasse como governo, que fechou as portas para a negociação", disse o presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação do Paraná, Hermes Leão. Uma das principais reivindicações da categoria diz respeito aos pagamentos dos atrasados referentes a promoções e progressões de carreira. Representantes do Governo do Estado e dos trabalhadores já promoveram, sem sucesso, três rodadas de negociação.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247