Professores planejam novos atos no Paraná

O protesto de professores neste fim de semana em Maringá, Noroeste do estado, contra a deputada cantora Mara Lima (PSDB), foi apenas uma amostra do que ainda poderá vir pela frente; ela foi escrachada publicamente durante show gospel na Cidade Canção; a APP-Sindicato aprovou no final de março, no conselho estadual da entidade, um cronograma de manifestações que consiste na "recepção ao governador, vice-governadora e deputados onde houver agenda pública"    

O protesto de professores neste fim de semana em Maringá, Noroeste do estado, contra a deputada cantora Mara Lima (PSDB), foi apenas uma amostra do que ainda poderá vir pela frente; ela foi escrachada publicamente durante show gospel na Cidade Canção; a APP-Sindicato aprovou no final de março, no conselho estadual da entidade, um cronograma de manifestações que consiste na "recepção ao governador, vice-governadora e deputados onde houver agenda pública"
 
 
O protesto de professores neste fim de semana em Maringá, Noroeste do estado, contra a deputada cantora Mara Lima (PSDB), foi apenas uma amostra do que ainda poderá vir pela frente; ela foi escrachada publicamente durante show gospel na Cidade Canção; a APP-Sindicato aprovou no final de março, no conselho estadual da entidade, um cronograma de manifestações que consiste na "recepção ao governador, vice-governadora e deputados onde houver agenda pública"     (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O protesto de professores neste fim de semana em Maringá, Noroeste do estado, contra a deputada cantora Mara Lima (PSDB), foi apenas uma amostra do que ainda poderá vir pela frente. Ela foi escrachada publicamente durante show gospel na Cidade Canção (clique aqui).

A APP-Sindicato aprovou no final de março, no conselho estadual da entidade, um cronograma de manifestações que consiste na "recepção ao governador, vice-governadora e deputados onde houver agenda pública".

Os protestos contra os parlamentares "inimigos da educação", em suas bases eleitorais, prova que professores e funcionários de escolas têm memória de elefante, pois não esquecem os 34 deputados que pegaram carona no camburão naquele fatídico dia 12 de fevereiro.

Graças à ocupação da Assembleia pelos educadores e servidores públicos em greve que a Paranáprevidência e direitos adquiridos foram mantidos, haja vista que a sessão do "tratoraço" fora interrompida e o pacote de maldades do governador Beto Richa (PSDB) retirado da pauta. O Blog do Esmael transmitiu tudo ao vivo em parceria com a TV 15.

Nesta segunda-feira, dia 6, a Assembleia receberá nova mensagem do governo estadual prevendo reforma no Fundo de Previdência. A poupança previdenciária dos servidores chega a R$ 8 bilhões. Richa quer agora "beliscar" mensalmente R$ 117 milhões da Paranáprevidência ao propor que o fundo assuma os inativos com mais de 73 anos – que hoje estão a expensas do tesouro estadual.

Na última sexta-feira, o Blog do Esmael registrou com exclusividade que os servidores públicos, representados pelo Fórum das Entidades Sindicais do Paraná (FES), rejeitaram a fórmula do governo Richa. Os sindicalistas levarão essa posição à audiência pública prevista para quarta, dia 8.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247