PSL em Curitiba processa Ana Júlia Ribeiro, candidata a vereadora do PT, por projeção contra Bolsonaro

Ana Júlia Ribeiro despontou como liderança do movimento secundarista em 2016 após um discurso histórico na Assembleia Legislativa do Paraná

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - A candidata a vereadora em Curitiba (PR), Ana Júlia Ribeiro (PT), informou pelas redes sociais, nesta sexta-feira (9), que a chapa do deputado estadual Fernando Francischini (PSL), candidato à prefeitura da capital paranaense, está a processando por conta de projeções feitas por sua campanha contra o presidente Jair Bolsonaro.

Uma das intervenções, projetadas em um prédio, trazia o número de 142 mil mortos por Covid-19 no Brasil e a frase “Fora Bolsonaro”, além do endereço da página da petista no Instagram.

“O lançamento da nossa campanha incomodou o PSL em #Curitiba. O partido resolveu entrar com um processo contra nossas projeções na cidade. Aqui a gente não baixa a cabeça! Não vão nos intimidar!”, escreveu Ana Júlia pelo Twitter. A coligação do PSL, ao acionar a Justiça Eleitoral contra a candidata do PT, solicitou pagamento de multa no valor de R$ 10 mil. 

Continue lendo na Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247