Questionado sobre estágio da pandemia, Pazuello diz que "estamos no platô, subindo"

Ministro interino da Saúde comete gafe ao usar a expressão "platô", que significa superfície plana e elevada

Eduardo Pazuello
Eduardo Pazuello (Foto: Erasmo Salomão/MS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro interino da Saúde, general Eduardo Pazuello, está em Porto Alegre, onde se reuniu com o deputado federal gaúcho Bibo Nunes (PSL), segundo o portal O Antagonista. O general cometeu uma nova gafe ao ser perguntado pela pandemia do coronavírus afirmando que o País está “no platô, subindo”. A expressão "platô" significa superfície plana e elevada, mas indica que os casos estão estáveis e não aumentando, “subindo”, como indicou.

“No Norte e no Nordeste, estamos na descendência clara. Rio de Janeiro e São Paulo estão no mesmo modelo. No Centro-Sul, estamos no platô, subindo: vai precisar de mais uns dois meses para a gente ter um ponto de corte”, afirmou o general.

No início do mês passado, o general já havia cometido outro erro ao afirmar que o Norte e o Nordeste do Brasil acompanham o inverno do Hemisfério Norte, que tem início no final de dezembro. A declaração foi motivo de piada nas redes sociais, uma vez que, assim como no restante do País, o inverno no Norte e no Nordeste começa em junho, enquanto o Hemisfério Norte está entrando no verão. 

Pela lógica de Pazuello, o inverno no Norte e no Nordeste aconteceria entre dezembro e janeiro, época do ano em que são registradas as mais altas temperaturas no Brasil.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247