Requião acusa Richa de censurar imprensa do PR

De acordo com o senador peemedebista Roberto Requião, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, o governador do Paraná estaria impedindo jornais e rádios do interior de realizarem entrevistas com ele; o parlamentar classificou a postura do tucano de "extremamente inoperante e medíocre"

De acordo com o senador peemedebista Roberto Requião, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, o governador do Paraná estaria impedindo jornais e rádios do interior de realizarem entrevistas com ele; o parlamentar classificou a postura do tucano de "extremamente inoperante e medíocre"
De acordo com o senador peemedebista Roberto Requião, pré-candidato ao Palácio Iguaçu, o governador do Paraná estaria impedindo jornais e rádios do interior de realizarem entrevistas com ele; o parlamentar classificou a postura do tucano de "extremamente inoperante e medíocre" (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Blog do Esmael - O senador Roberto Requião (PMDB), pelo Twitter, denunciou o governador Beto Richa (PSDB) pela prática de censura em rádios e jornais do interior do Paraná.

Segundo o peemedebista, que é pré-candidato ao Palácio Iguaçu, seu virtual oponente tucano estaria impedindo que jornais e rádios do interior o entrevistem.

"Extremamente inoperante e medíocre, governo do Paraná procura impedir que rádios e jornais do interior me entrevistem. Minúsculo bebeto.Argh", tuitou Requião.

A censura de Richa coincide com o crescimento de Requião nas sondagens de intenção de voto. De acordo com levantamento da Paraná Pesquisas, divulgado neste domingo (18) pelo jornal Gazeta do Povo, a presença do senador na disputa coloca em risco a ida do governador tucano para o segundo turno em 2014 (clique aqui para relembrar).

De acordo com os números de Murilo Hidalgo, Richa tem 39%, Geisi Hoffmann (PT) aparece com 24% tecnicamente empatada com Requião que tem 21%. Joel Malucelli (PSD) faz 2%.

Na prática, o cenário da corrida pelo governo do Paraná, em 2014, lembra muito o jogo eleitoral de 2012 em Curitiba. O então prefeito Luciano Ducci (PSB), pupilo de Richa, buscava a reeleição, mas acabou nem indo para o segundo turno por conta da presença de Rafael Greca (PMDB) no páreo

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email