Requião: ‘anistia é uma malandragem inaceitável’

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) criticou o projeto em discussão na Câmara, que, a partir da sua aprovação, deixaria de punir políticos que receberam contribuições ilegais em campanhas eleitorais (caixa 2); a lei não teria efeito retroativo; "Essa malandragem do Congresso, de anistiar com dinheiro sujo e roubado do caixa 2, do superfaturamento, da corrupção, da sonegação por empresas, do escândalo na Petrobras, e da imundice que tomou conta do País é inaceitável", disse o parlamentar no Twitter

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) pede votação do projeto que facilita o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União (PLC 99/13)
Senador Roberto Requião (PMDB-PR) pede votação do projeto que facilita o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União (PLC 99/13) (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - O senador Roberto Requião (PMDB-PR) criticou o projeto em discussão na Câmara dos Deputados, que, a partir da sua aprovação, deixaria de punir políticos que receberam contribuições ilegais em campanhas eleitorais (caixa 2). A lei não teria efeito retroativo.

"Essa malandragem do Congresso, de anistiar com dinheiro sujo e roubado do caixa 2, do superfaturamento, da corrupção, da sonegação por empresas, do escândalo na Petrobras, e da imundice que tomou conta do País é inaceitável", disse o parlamentar no Twitter. "Contem comigo nessa briga, de forma decisiva e firme. Sem anistia. Precisamos limpar a política brasileira de uma vez por todas", complementou.

Líderes de praticamente todos os grandes partidos fizeram tentaram articular, na segunda-feira (19), a votação da proposta. Foi colocado em pauta um projeto de 2007 sobre mudanças em regras eleitorais e uma emenda seria proposta para anistiar políticos que praticaram caixa 2 no passado.

Ninguém assumiu a autoria da proposta, mas as articulações da iniciativa teriam contado com o aval do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que ocupa a presidência da República interinamente, enquanto Michel Temer está nos Estados Unidos.

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247