Requião convoca brasileiros a elaborar projeto de reconstrução do País

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) convocou todos os brasileiros que “estão desvinculados da globalização financeira e do grande capital” a se unir, suplantando até mesmo o partidarismo, para a elaboração de um projeto de poder que promova a reconstrução do Brasil; parlamentar criticou Michel Temer e lamentou a "persistente devastação" da Constituição, com a aceleração das reformas trabalhista e previdenciária, tentativas de desmonte do Sistema Único de Saúde, intervenções na área educacional pública e outras medidas que, para ele, atentam contra a soberania nacional

Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Roberto Requião (PMDB-PR). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Roberto Requião (PMDB-PR). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado (Foto: Leonardo Lucena)

247, com Agência Senado - Em pronunciamento nesta quinta-feira (8), o senador Roberto Requião (PMDB-PR) convocou todos os brasileiros que “estão desvinculados da globalização financeira e do grande capital” a se unir, suplantando até mesmo o partidarismo, para a elaboração de um projeto de poder que promova a reconstrução do Brasil.

O parlamentar criticou Michel Temer e lamentou a "persistente devastação" da Constituição, com a aceleração das reformas trabalhista e previdenciária, tentativas de desmonte do Sistema Único de Saúde, intervenções na área educacional pública e outras medidas que, para ele, atentam contra a soberania nacional.

Na opinião do senador, operários, agricultores, a classe média, funcionários públicos, professores bancários, profissionais liberais, estudantes, religiosos e todos os grupos desvinculados da “financeirização que esteriliza a produção, mata empregos e arrefece os ânimos” devem se unir nesse momento.

"A permanência ou não de Temer, as eleições diretas ou indiretas, tudo isso somado é menor que a urgência de se tecer um projeto de poder, um projeto nacional popular e democrático, um projeto de refundação do Brasil nação, um projeto para um Brasil soberano, altivo, desenvolvido, justo e bom para todos",  disse Requião.

De acordo com pesquisa Vox Populi, contratada pela CUT e divulgada na segunda-feira (5), 85% dos brasileiros querem que o Tribunal Superior Eleitoral casse Temer na sessão e 89% querem escolher o novo presidente da República (confira aqui).

O levantamento apontou que 80% são contra as propostas de reformas da Previdência e Trabalhista e 90% acham que não vão conseguir sustentar suas famílias. Entrevistados criticaram o contrato intermitente de trabalho, um dos itens da reforma Trabalhista, já aprovado pela Câmara, assim como o contrato de trabalho temporário. Para 73%, é impossível negociar jornada com patrão sem a participação dos sindicatos e 69% avaliam ainda que não conseguirão se aposentar (veja aqui).

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247