Requião: Cunha prevê prisão de Temer após reforma da previdência

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou pelo Twitter, nesta sexta-feira (24), que o correligionário Michel Temer e integrantes de seu governo poderão ter o mesmo destino do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) preso pela Lava Jato desde outubro do ano passado

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou pelo Twitter, nesta sexta-feira (24), que o correligionário Michel Temer e integrantes de seu governo poderão ter o mesmo destino do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) preso pela Lava Jato desde outubro do ano passado
O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou pelo Twitter, nesta sexta-feira (24), que o correligionário Michel Temer e integrantes de seu governo poderão ter o mesmo destino do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) preso pela Lava Jato desde outubro do ano passado (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Do Esmael Morais - O senador Roberto Requião (PMDB-PR) alertou pelo Twitter, nesta sexta-feira (24), que o correligionário Michel Temer e integrantes de seu governo poderão ter o mesmo destino do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) preso pela Lava Jato desde outubro do ano passado.

“Recado do Cunha, ‘fui usado e depois me prenderam’. ‘Vocês estão sendo usados, posteriormente serão presos para dar um ar serio ao entreguismo’”, tuitou o senador paranaense.

Requião acredita que a artilharia pesada contra ministros e amigos, ao tempo que a mídia o protege Temer, é parte da chantagem para que o governo acelere a entrega do país.

Na tuitada, Requião afirma que Cunha mandou recado dizendo que após as reformas “todos serão presos para dar ar sério ao entreguismo”.

É aguardar e conferir.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247