Requião: delação de Palocci foi acordo dirigido?

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) questiona a falta de interesse da Justiça sobre a promessa de que o ex-ministro Antônio Palocci havia feito de delatar esquema de corrupção envolvendo bancos; "Palocci anunciou denúncia a bancos. Mas nada disse ou lhe foi perguntado. Acordo dirigido? Sem bancos? Denúncia ideologicamente programada?", questiona o senador

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) critica pressão do governo para a não instalação da comissão parlamentar de inquérito que investigará o transporte público
Senador Roberto Requião (PMDB-PR) critica pressão do governo para a não instalação da comissão parlamentar de inquérito que investigará o transporte público (Foto: Romulo Faro)

Paraná 247 - Em seu perfil no Twitter, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) questionou a falta de interesse da Justiça sobre a promessa que o ex-ministro Antônio Palocci havia feito de delatar esquema de corrupção envolvendo bancos.

"Palocci anunciou denúncia bancos. Mas nada disse ou lhe foi perguntado. Acordo dirigido? Sem bancos? Denúncia ideologicamente programada?", questiona o senador.

O Brasil 247 quer a sua ajuda para tomar decisões importantes. Participe da pesquisa

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247