Requião Filho defende chapa do pai com Osmar Dias

Deputado estadual Requião Filho (PMDB) defendeu a composição entre o senador Roberto Requião (PMDB) — disputando o governo do Paraná — e Osmar Dias (PDT) na vice; Filho disse acreditar na viabilidade da dupla por terem uma "ideologia programática semelhante" e porque "seria uma junção de bandeiras"; parlamentar disse, ainda, que o eventual apoio do PT à candidatura do pai trará mais vantagens do que desvantagens, a começar pela aguerrida militância petista

Deputado estadual Requião Filho (PMDB) defendeu a composição entre o senador Roberto Requião (PMDB) — disputando o governo do Paraná — e Osmar Dias (PDT) na vice; Filho disse acreditar na viabilidade da dupla por terem uma "ideologia programática semelhante" e porque "seria uma junção de bandeiras"; parlamentar disse, ainda, que o eventual apoio do PT à candidatura do pai trará mais vantagens do que desvantagens, a começar pela aguerrida militância petista
Deputado estadual Requião Filho (PMDB) defendeu a composição entre o senador Roberto Requião (PMDB) — disputando o governo do Paraná — e Osmar Dias (PDT) na vice; Filho disse acreditar na viabilidade da dupla por terem uma "ideologia programática semelhante" e porque "seria uma junção de bandeiras"; parlamentar disse, ainda, que o eventual apoio do PT à candidatura do pai trará mais vantagens do que desvantagens, a começar pela aguerrida militância petista (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - A composição entre o senador Roberto Requião (PMDB) — disputando o governo do Paraná — e Osmar Dias (PDT) na vice foi defendida na semana passada, no Norte Pioneiro, pelo deputado estadual Requião Filho (PMDB).

Em entrevista ao site npdiario, Requião Filho disse acreditar na viabilidade da dupla Requião/Osmar por terem uma “ideologia programática semelhante” e porque “seria uma junção de bandeiras”.

Requião Filho afirmou que o eventual apoio do PT à candidatura do pai trará mais vantagens do que desvantagens, a começar pela aguerrida militância petista.

O parlamentar comparou com os tucanos que, segundo ele, “se não tiver dinheiro, o pessoal do PSDB não faz campanha para nada”.

Osmar Dias, por sua, entrou novamente na “muda”. Até o time de seu irmão Alvaro Dias, agora organizado no Phodemos, o pressiona para sair do PDT.

O grupo de “Abel” (Alvaro) ameaça “Caim” (Osmar) com a candidatura do ex-prefeito londrinense Alexandre Kireeff.

A indecisão de Osmar faz Requião adquirir velocidade de cruzeiro. Nos últimos, por exemplo, o senador peemedebista deu início à elaboração de seu plano de governo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247