Requião: Serra doou Alcântara e foi rejeitado por Trump

O senador Roberto Requião escreveu em seu Twitter sobre a saída de José Serra (PSDB) do governo federal. "A doença de Serra chama-se "mal de doação de Alcântara" cumulada com rejeição de Trump. Tudo agravado com pouca exposição a mídia. MORTAL!", postou o parlamentar paranaense; em janeiro deste, a revista Carta Capital mostrou que Michel Temer e José Serra retomaram as negociações com os Estados Unidos para entregar a Base de Alcântara aos americanos; Requião ainda ironizou mais: "Na atual conjuntura Frota seria um adequado Ministro de relações exteriores", postando uma foto de Frota trajando um vestido de noiva

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) pede votação do projeto que facilita o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União (PLC 99/13)
Senador Roberto Requião (PMDB-PR) pede votação do projeto que facilita o pagamento das dívidas de estados e municípios com a União (PLC 99/13) (Foto: José Barbacena)

Paraná 247 - O senador Roberto Requião escreveu em seu Twitter sobre a saída de José Serra (PSDB) do governo federal. "A doença de Serra chama-se "mal de doação de Alcântara" cumulada com rejeição de Trump. Tudo agravado com pouca exposição a mídia. MORTAL!", postou o parlamentar paranaense.

Em janeiro deste, a revista Carta Capital mostrou que Michel Temer e José Serra retomaram as negociações com os Estados Unidos. "Brasil e Estados Unidos retomaram secretamente as negociações de um acordo sobre o uso de uma base militar brasileira no Maranhão para o lançamento de foguetes norte-americanos. Encerradas em 2003, início do governo Lula, as conversas voltaram por iniciativa do ministro das Relações Exteriores, José Serra", informou André Barrocal.

Requião ainda ironizou mais: "Na atual conjuntura Frota seria um adequado Ministro de relações exteriores", postando uma foto de Frota trajando um vestido de noiva.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247