Requião: triplex “nunca foi do Lula, não é e não será”

Ao criticar o julgamento do ex-presidente Lula, o senador Roberto Requião (MDB-PR) também afirmou que o "processo contra Lula dá cobertura para negociatas que acontecem no País. Isso está dando cobertura para a entrega do Brasil. É a única esperança que temos dentro do espaço democrático e estabelecer um referendo revogatório para todas as barbaridades. Lula está sendo julgado para garantir a entrega do Brasil", disse; "Não é Lula que está sendo julgado, é o futuro do País"

Senador Roberto Requião (PMDB-PR) propõe debate sobre reforma agrária e remessas de lucros
Senador Roberto Requião (PMDB-PR) propõe debate sobre reforma agrária e remessas de lucros (Foto: Leonardo Lucena)

Paraná 247 - O senador Roberto Requião (MDB-PR) voltou a criticar o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. De acordo com o parlamentar, o triplex "nunca foi do Lula, não é e não será".

"Processo contra Lula dá cobertura para negociatas que acontecem no País. Isso está dando cobertura para a entrega do Brasil. É a única esperança que temos dentro do espaço democrático e estabelecer um referendo revogatório para todas as barbaridades. Lula está sendo julgado para garantir a entrega do Brasil", disse. "Não é Lula que está sendo julgado, é o futuro do País", acrescentou ele, em vídeo publicado no Facebook.

Quando o Ministério Público Federal denunciou Lula, em setembro de 2016, um dos procuradores, Henrique Pozzobon admitiu não existir "prova cabal" de que o petista é "proprietário no papel" do tripléx. Nove meses antes, em janeiro, o ex-presidente publicou no site do Instituto Lula um dossiê completo em que disponibiliza todos os documentos referentes ao apartamento. Foram publicados seus contratos com a Bancoop, sua declaração de Imposto de Renda, a declaração de bens ao Tribunal Superior Eleitoral e os contratos que compravam a desistência da ex-primeira-dama Marisa Letícia em continuar com o imóvel (veja aqui).

Críticas a Temer

O congressista bateu duro no governo de Michel Temer, que tenta empossar a deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho. "Ministra absolutamente inadequada. Ela contra o trabalhador, mas o Judiciário não poderia interferir. Inadequado é o governo. Pelas acusações de corrupção também. A inadequação do governo é que não é para o Brasil. Está liquidando o Estado Social".

"Com a ponte para o futuro, temos um governo que só governa para uma minoria, dos mais ricos", afirmou Requião.

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247