“Se quiserem uma limpeza completa no Paraná, me chamem que eu vou”

Em vídeo, o senador Roberto Requião (MDB-PR), pré-candidato ao governo do Paraná, na carona da Operação Integração, ressuscitou o slogan 'baixa ou acaba' sobre o pedágio caro do mundo nas rodovias federais do estado; "Se vocês quiserem uma limpeza completa no Paraná, me chamem que eu vou"; Requião diz que um dos envolvidos no esquema, Carlos Nasser, é velho conhecido do juiz Sérgio Moro - foi diretor do Banestado na época das contas CC5; a operação investiga corrupção ligados à concessão de rodovias federais no Paraná; assista

Em vídeo, o senador Roberto Requião (MDB-PR), pré-candidato ao governo do Paraná, na carona da Operação Integração, ressuscitou o slogan 'baixa ou acaba' sobre o pedágio caro do mundo nas rodovias federais do estado; "Se vocês quiserem uma limpeza completa no Paraná, me chamem que eu vou"; Requião diz que um dos envolvidos no esquema, Carlos Nasser, é velho conhecido do juiz Sérgio Moro - foi diretor do Banestado na época das contas CC5; a operação investiga corrupção ligados à concessão de rodovias federais no Paraná; assista
Em vídeo, o senador Roberto Requião (MDB-PR), pré-candidato ao governo do Paraná, na carona da Operação Integração, ressuscitou o slogan 'baixa ou acaba' sobre o pedágio caro do mundo nas rodovias federais do estado; "Se vocês quiserem uma limpeza completa no Paraná, me chamem que eu vou"; Requião diz que um dos envolvidos no esquema, Carlos Nasser, é velho conhecido do juiz Sérgio Moro - foi diretor do Banestado na época das contas CC5; a operação investiga corrupção ligados à concessão de rodovias federais no Paraná; assista (Foto: Leonardo Lucena)

Blog do Esmael - O senador Roberto Requião (MDB-PR), pré-candidato ao governo do Paraná, na carona da Operação Integração, ressuscitou nesta quinta (22) o slogan ‘baixa ou acaba’ sobre o pedágio caro do mundo nas rodovias federais do estado. O emedebista aproveitou para deixar um recado aos paranaenses: “Se vocês quiserem uma limpeza completa no Paraná, me chamem que eu vou.” Abaixo, assista ao vídeo.

Requião revela no vídeo que um dos envolvidos no esquema, Carlos Nasser, é velho conhecido do juiz Sérgio Moro. Ele foi diretor do Banestado na época das contas CC5.

“Essa operação era contra Tacla Duran e ao ex-presidente Lula, mas o efeito colateral atingiu o governo Beto Richa”, analisou o senador.

“O governo do Richa acabou. Agora, em outubro, se vocês quiserem uma limpeza completa no estado do Paraná, me chame que eu vou.”

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247