Segurança Pública do Paraná pede a Moro adiamento de interrogatório de Lula

Alegando preocupação com possível "deslocamento de movimentos populares" para Curitiba, onde o ex-presidente Lula deveria depor no dia 3 de maio, o secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Wagner Mesquita de Oliveira, enviou um ofício ao juiz Sergio Moro pedindo o adiamento do interrogatório; reportagem publicada pela Folha nesta segunda afirma que Moro já adiou o depoimento para o dia 10

Wagner Mesquita de Oliveira assume a Secretaria Estadual da Segurança Pública.Curitiba, 08/05/2015.Foto: Osvaldo Ribeiro/SESP
Wagner Mesquita de Oliveira assume a Secretaria Estadual da Segurança Pública.Curitiba, 08/05/2015.Foto: Osvaldo Ribeiro/SESP (Foto: Gisele Federicce)

Paraná 247 - O secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná, Wagner Mesquita de Oliveira, enviou um ofício ao juiz Sergio Moro pedindo o adiamento do interrogatório do ex-presidente Lula.

O depoimento está marcado oficialmente para acontecer no dia 3 de maio, mas uma reportagem publicada pela Folha de S.Paulo nesta segunda informa que Moro já adiou o depoimento para o dia 10. O magistrado não se manifestou sobre o caso.

O secretário alegou no ofício preocupação com possível "deslocamento de movimentos populares" para Curitiba, onde ocorrerá a audiência. Movimentos sociais e demais aliados de Lula organizam uma manifestação em apoio ao petista na capital do Paraná.

Em discurso em evento do PT nesta noite, Lula disse estar "ansioso" para depor a Moro. "Não estou preocupado com a data, isso é com o juiz Moro", afirmou (leia aqui).

Conheça a TV 247

Mais de Sul

Ao vivo na TV 247 Youtube 247