Tenente-coronel é acusado de abuso sexual em quartéis do Paraná

O Ministério Público investiga o médico Fernando Dias Lima, tenente-coronel da Polícia Militar do Paraná, por supostamente ter assediado policiais mulheres e familiares de agentes em consultas médicas nos quartéis da corporação

247 - O Ministério Público investiga o médico Fernando Dias Lima, tenente-coronel da Polícia Militar do Paraná, por supostamente ter assediado policiais mulheres e familiares de agentes em consultas médicas nos quartéis da corporação.

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que "a denúncia, oferecida pelo MP (Ministério Público) em dezembro do ano passado, teve como base os depoimentos de 30 mulheres. Os crimes imputados ao médico são de assédio sexual, com sete ocorrências, e atentado violento ao pudor, com 23."

A matéria ainda sublinha que "a promotoria afirma que Lima “se prevaleceu de sua condição de superior hierárquico para constranger as vítimas com o intuito de obter favorecimento sexual”. A investigação partiu de um inquérito militar, instaurado a partir da denúncia de uma das supostas vítimas. As penas previstas para cada um dos crimes vão de um a seis anos."

Ao vivo na TV 247 Youtube 247