Veneri: Richa empurra educação à greve para desviar foco da corrupção

O deputado Tadeu Veneri (PT-PR), líder da oposição na Assembleia Legislativa, afirmou que Beto Richa (PSDB) “está precisando de uma greve na educação” para desviar o foco das acusações de corrupção em seu governo; segundo o parlamentar, em discurso nesta segunda-feira (13), o tucano necessita de uma cortina de fumaça para esconder problemas com as operações Quadro Negro (desvio de dinheiro da educação) e da Publicano (propina na Receita Estadual); Veneri também desceu o sarrafo na farra que o governo do estado fará de R$ 120 milhões em propaganda

Blog do Esmael - O deputado Tadeu Veneri (PT-PR), líder da oposição na Assembleia Legislativa, afirmou que Beto Richa (PSDB) "está precisando de uma greve na educação" para desviar o foco das acusações de corrupção em seu governo.

Segundo o parlamentar, em discurso nesta segunda-feira (13), o tucano necessita de uma cortina de fumaça para esconder problemas com as operações Quadro Negro (desvio de dinheiro da educação) e da Publicano (propina na Receita Estadual).

Veneri também desceu o sarrafo na farra que o governo do estado fará de R$ 120 milhões em propaganda. "É muita cara de pau de Beto Richa", resumiu ao lembrar que o governador do PSDB diz não ter dinheiro para honrar os compromissos com os educadores.

Para o líder da oposição, a intransigência de Beto Richa empurra os professores e trabalhadores da educação para a greve geral a partir de 15 de março.

"A impressão que dá é que o governador quer arrumar um inimigo de qualquer jeito para justificar sua incompetência em resolver o problema das horas-atividades e desviar o foco das investigações dos casos de corrupção, como a Operação Publicano e o escândalo da Receita", criticou.

O deputado denunciou que o Poder Executivo está fazendo chantagem com alguns professores e cobrou bom senso do governador.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247