Zeca Dirceu: Bolsonaro é a representação da escória de qualquer nação

"Presidente do Senado no Chile, diz que que Bolsonaro parece um ditador com traje de democrata. Digo que ele não parece, ele é. Bolsonaro é a representação da escória de qualquer sociedade", escreveu o deputado Zeca Dirceu (PT-PR)

Dep. Zeca Dirceu (PT-PR)
Dep. Zeca Dirceu (PT-PR) (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

247 - O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) bateu pesado em Jair Bolsonaro, que ofendeu a ex-presidente do Chile Michele Bachelet, Alta Comissária da ONU, ao defender a morte do pai dela, o brigadeiro Alberto Bachelet, torturado na Ditadura Militar daquele país (1973 e 1990).

"Presidente do Senado no Chile, diz que que Bolsonaro parece um ditador com traje de democrata. Digo que ele não parece, ele é. Bolsonaro é a representação da escória de qualquer sociedade", escreveu o parlamentar no Twitter.

Bolsonaro ficou irritado após Michelle Bachelet apontar "encolhimento do espaço democrático no Brasil". No Facebook, o ocupante do Planalto postou: “Diz [referindo-se a Bachelet} ainda que o Brasil perde espaço democrático, mas se esquece que seu país só não é uma Cuba graças aos que tiveram a coragem de dar um basta à esquerda em 1973, entre esses comunistas o seu pai brigadeiro à época”. 

O golpe de Estado no Chile levou Augusto Pinochet ao poder em 11 de setembro de 1973.

Até o atual presidente chileno, Sebastián Piñera, que é de direita, repudiou a declaração de Bolsonaro. "Não concordo, em absoluto, com a declaração feita por Bolsonaro a respeito de uma ex-presidente do Chile e, especialmente, a um tema tão doloroso quanto a morte de seu pai", disse Piñera em pronunciamento em vídeo

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247