Grupo de Saúde da transição discute revogar uso da cloroquina contra Covid-19, diz Humberto Costa

Senador também falou sobre o orçamento necessário para o setor em 2023

www.brasil247.com -
(Foto: Pedro França/Agência Senado)


247 - O senador Humberto Costa (PT-PE) declarou que o grupo técnico de Saúde do governo de transição, do qual faz parte, avalia revogar as portarias do governo Bolsonaro que autorizam o uso da cloroquina como tratamento contra a Covid-19, informa a CartaCapital.

 “A Saúde foi uma das áreas onde eles mais baixarem decretos, normas, portarias absurdas. Desde recomendação de cloroquina para as pessoas tomarem e enfrentarem a pandemia”, afirmou Humberto.

A sociedade científica mundial descarta o uso de cloroquina para o tratamento da Covid-19, dado que o medicamento foi considerado ineficaz contra a doença e pode trazer até mesmo prejuízo aos pacientes.

O senador também falou sobre o orçamento para a Saúde em 2023, reafirmando que serão necessários no mínimo R$ 22,7 bilhões para suplantar investimentos na área, como a compra de medicamentos, vacinas e a realização de mutirões para correr atrás do atraso causado pela pandemia em diversas demandas.

“Tem R$ 22,7 bilhões que seria uma recomposição aos valores que teríamos se a emenda 86 [regra anterior ao teto de gastos] estivesse vigente, e tem R$ 10 bilhões bloqueados por conta do orçamento secreto. Isso é uma outra conversa, outra negociação”, declarou.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247