Gás de cozinha nas alturas: fome, furto e acidentes

Produto essencial para o cotidiano dos brasileiros, para a segurança alimentar e para a economia, o gás de cozinha (GLP) virou praticamente um item de luxo

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o botijão de 13 quilos do gás chegou a ser vendido a R$ 160 na primeira metade de março

Na média, ainda segundo a ANP, o botijão é vendido a R$ 112,54, o que representa uma alta de 35% do produto em relação ao valor praticado há um ano

A elevação do preço do botijão já faz com que o item seja alvo de assaltantes.

Há registros de furtos e roubos de botijões enquanto entregadores estacionam os caminhões ou motos para atender a clientela

Em 2021, quando a alta dos combustíveis e do gás de cozinha já atingia os brasileiros, começaram a voltar às manchetes notícias de acidentes domésticos envolvendo fogo

Na tentativa de economizar no gás de cozinha para garantir o dinheiro ao menos para o alimento, muitos começaram a cozinhar utilizando carvão, álcool e fogão à lenha

À CUT, a maranhense Lucenilce Ramos contou: “a situação aqui em casa é crítica. Com essa crise eu estou cozinhando no carvão porque meu gás acabou. Está difícil, ruim demais”

O mesmo ocorreu com a paulistana Antônia Ladislau Santos: “fiquei um mês cozinhando com álcool. Fiz fogo a lenha no quintal e cozinhava. Recebi uma doação e agora estou cozinhando no fogão”

Fogareiros improvisados podem causar graves acidentes. O álcool, por exemplo, evapora e forma uma “nuvem”, podendo provocar explosões e causar queimaduras severas

A alta do preço do gás é consequência da política de paridade de preço de importação implantada na Petrobrás após o golpe de 2016 contra Dilma

O golpe transferiu a renda do petróleo da sociedade brasileira para acionistas minoritários da Petrobrás e outros grupos de interesse, como os importadores e petroleiras internacionais

Enquanto a população sofre para comprar botijões, acionistas da Petrobrás recebem dividendos de R$ 101 bilhões e seus diretores recebem bônus de R$ 13 milhões