Tá nos trends

Bolsonaro rebate Pablo Villaça e comete ato falho ao chamá-lo de "Pablo Vitar"

Ato falho gerou repercussão nas redes

www.brasil247.com - Bolsonaro, Pablo Vittar e Pablo Villaça
Bolsonaro, Pablo Vittar e Pablo Villaça (Foto: Alan Santos/PR | Reprodução/Instagram)


247 - Jair Bolsonaro resolveu rebater uma postagem do crítico de cinema Pablo Villaça mas cometeu um ato falho. 

Tudo começou quando Villaça comentou sobre gamers reacionários: " YouTubers gamers atacando @felipeneto por dizer o óbvio é essencial (atualmente, quem não se posiciona contra Bolsonaro é cúmplice deste e é tão repugnante quanto os bolsominions) só provam duas coisas: como vestiram a carapuça e como o meio gamer se tornou ninho de fascistoides."

Ao rebater o post em questão, Bolsonaro cometeu o ato falho: "Por falar em gamers, seguindo nossa política de reduzir impostos sempre que possível, ultimamos estudos junto à Camex para zerar o IPI dos games, Pablo Vitar. Temos reduzido gradativamente o imposto desde 2019, baixando de 50% para 20%. Somos um dos maiores mercados no mundo". 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Outro detalhe que chamou atenção é de que a postagem de Villaça foi feita em 2020.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja a repercussão: 

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:



CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email