Tá nos trends

Keiko Fujimori faz no Peru o que o Aécio fez no Brasil em 2014, apontam internautas

Assim como o tucano que não engoliu a vitória legítima de Dilma Rousseff em 2014, agora é a vez de Keiko Fujimori contestar a vitória de Pedro Castillo nas eleições presidenciais no Peru

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Assim como Aécio Neves, candidato tucano que não engoliu a vitória legítima de Dilma Rousseff nas eleições presidenciais de 2014, agora é a vez de Keiko Fujimori contestar a vitória de Pedro Castillo nas eleições presidenciais no Peru.

Os dados oficiais da apuração das eleições presidenciais no Peru até a madrugada desta terça-feira (8) davam uma vantagem de 0,56 pontos percentuais para Pedro Castillo, faltando pouco menos de 4% dos votos a serem apurados, informa a Telesul. 

Após a publicação dos novos resultados que favorecem o candidato da esquerda, a candidata direitista Keiko Fujimori levantou preocupações sobre supostas "irregularidades".

Internautas ironizaram a semelhança dos fatos e apontam  Keiko Fujimori como a nova “Aécio Neves do Peru”.

Veja a repercussão: 

 

 

 

 


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email