Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.


Meirelles corta a quase zero investimento público

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A política econômica do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e de Michel Temer derrubou, como nunca antes no Brasil, os investimentos públicos; no primeiro trimestre deste ano, houve uma redução de 61%, segundo dados divulgados pelo Tesouro; os gastos com o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), que concentra diversas obras importantes de infraestrutura, recuaram 69% em relação ao mesmo período de 2016; somado o programa de habitação Minha Casa, Minha Vida, a redução foi de 86%; enquanto isso, os gastos com Previdência e com pessoal subiram 5,2% e 7,1%, descontada a inflação do período

Greve geral vai parar o Brasil e prova que Temer uniu o País contra ele

Com adesão de dezenas de categorias de trabalhadores das mais diversas áreas, a greve geral desta sexta-feira 28 contra as reformas de Michel Temer, aprovado por apenas 4% dos brasileiros, deve paralisar todo o País e comprovar a tragédia do golpe, que está prestes a completar um ano; nos 26 estados e Distrito Federal, já aderiram a que promete ser a maior greve que o País já viu desde a redemocratização professores estaduais, municipais e da rede privada, servidores públicos, motoristas, metroviários, petroleiros, metalúrgicos, comerciários, aeroviários, profissionais da Saúde, bancários, artistas, servidores da Justiça e muitos outros trabalhadores; numa importante demonstração de união, o País dirá em uníssono a Michel Temer: "Não às reformas"  


Fechar