Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.


Janot recorre e pede prisão de Aécio e Loures

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu novamente nesta segunda-feira (22) ao Supremo Tribunal Federal (STF) a prisão do senador Aécio Neves (PSDB-MG) e do deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR); as prisões foram negadas pelo ministro Edson Fachin, porque ambos têm o foro privilegiado; no entanto, como Aécio e Rocha Loures foram afastados de seus mandatos, o caso, agora, será levado ao plenário da corte por Fachin; Aécio foi flagrado pedindo propina para Joesley Batista; Rocha Loures, que disse ser emissário de Michel Temer, recebeu uma mala com R$ 500 mil, mas disse que não sabia que ela tinha dinheiro

Lava Jato atesta: Temer e Aécio são criminosos

Os procuradores que integram a força-tarefa da Lava Jato, que têm obsessão pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, finalmente se manifestaram sobre as revelações da última semana, que apanharam Michel Temer e o senador afastado Aécio Neves cometendo crimes em flagrante; em nota, eles apontaram Temer e Aécio como criminosos, ainda que não os tenham citado nominalmente; “Os últimos acontecimentos, aliás, levam a força-tarefa da Lava Jato a manifestar seu estarrecimento diante da gravidade dos crimes que se tornaram públicos. De fato, recentemente, vieram à tona evidências de crimes atuais praticados pelo presidente da República e por senador então presidente de um dos maiores partidos políticos”, diz o texto; críticos da Lava Jato, no entanto, apontam que a operação foi crucial para que Temer e Aécio assaltassem o poder, por meio de um golpe parlamentar que afastou uma presidente honesta


Fechar