Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

22.12.2014

Fotos Públicas

Na delação, Moro confirma vazamentos seletivos

:

O juiz Sergio Moro, do Paraná, surpreendeu ao não acatar o pedido de réus da Lava Jato, que queriam conhecer o teor da delação premiada de Pedro Barusco (alto à esq.), aquele que havia dito desviar recursos da Petrobras há pelo menos 16 anos, ou seja, desde o governo FHC; a negativa de Moro surpreende porque ele deu publicidade total às delações premiadas de Augusto Mendonça (alto à dir.), que disse que a doação declarada de campanha ao PT era propina, e também de Júlio Camargo (abaixo à dir.), outro executivo da Toyo Setal; outra delação que vem sendo mantida em sigilo é a de Paulo Roberto Costa (abaixo à esq.), que disse que seus US$ 23 milhões de propina vieram da Odebrecht, empreiteira até agora não alcançada pela Lava Jato; qual é a lógica de Moro?

Venina chora e convoca novos delatores à Globo

:

Usada como ponta de lança na estratégia para derrubar a presidente da Petrobras, Graça Foster, a ex-gerente Venina Velosa concedeu uma longa entrevista à jornalista Glória Maria, do Fantástico, em que a principal revelação foi o fato de Venina ter admitido que contratou o então namorado, com quem depois se casou, para a realização de serviços de consultoria por R$ 7,8 milhões; sobre Graça Foster, ela disse que a alertou por email (o que não era novidade) e também pessoalmente (o que não pode ser provado); no ponto lacrimejante da entrevista, Venina disse que perdeu a família e não viu a mãe ficar cega, pois havia sido mandada para Cingapura; no fim, convocou outros funcionários a delatar superiores; "estou convidando você também"

Opinião

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247

twork ads --->twork ads --->