Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

30.05.2015

Fotos Públicas

Dilma condena doação empresarial de campanha

:

Durante participação ontem no congresso do PCdoB, em São Paulo, a presidente Dilma Rousseff defendeu sua posição contrária às doações feitas por empresas a candidatos e partidos políticos; "Considero que temos que introduzir na Constituição o fim do financiamento empresarial de campanha. Temo que isso esteja sendo postergado", disse a presidente; a proposta defendida por Cunha e aprovada pelos deputados prevê exatamente o oposto: inserir na Constituição a permissão de que empresas possam doar para partidos políticos; Dilma também se colocou contra a redução da maioridade penal; "Tem conquistas civilizatórias que não vamos poder voltar atrás"; e defendeu as medidas de ajuste fiscal; "Um país não faz ajustes gastando mal nem sucateando seus programas sociais e de infraestrutura", afirmou

Lula: 2018 depende da reação de Dilma

:

Apesar de ser o principal nome do PT para disputar a sucessão da presidente Dilma Rousseff em 2018, o ex-presidente Lula disse a aliados que só terá condições de ser o candidato do PT nas eleições de 2018 se a avaliação da presidente Dilma Rousseff melhorar e ele tiver um legado para defender para seus eleitores; caso o governo não esteja pelo menos com avaliação "regular" às vésperas de 2018, poderá ser necessário escolher outro nome no PT para disputar a Presidência; Lula já teria apresentado esse diagnóstico à própria presidente; ex-presidente espera que, após o lançamento do plano de concessões, que deve ser lançado no dia 9 de junho, Dilma decole uma agenda positiva e melhore sua imagem 

Opinião

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247