Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

1.09.2015

Fotos Públicas

Brasília 247

Renan: 'Tiro, porrada e bomba não reerguem nações'

:

Presidente do Senado usa trecho de música de Valesca Popozuda ao falar sobre a crise hoje durante a instalação da Comissão Especial do Desenvolvimento Nacional, criada para dar seguimento aos projetos da chamada Agenda Brasil; "Tiro, porrada e bomba, para utilizar uma expressão tão contemporânea da música brasileira, não reerguem nações. Só espalham ruínas e, lamentavelmente, só ampliam os escombros. Nós não queremos ser sabotadores da nação nem agentes de mais instabilidade", disse Renan Calheiros (PMDB-AL)

Cardozo manda investigar advogado terrorista

:

Ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou à Polícia Federal que investigue o advogado Matheus Sathler Garcia, de Brasília, que ameaçou, em vídeo, "arrancar" e "pregar a cabeça" da presidente Dilma Rousseff caso ela não renunciasse; o ex-candidato a deputado federal pelo PSDB-DF também sugeriu a Dilma que se suicidasse; em um novo vídeo divulgado nesta terça-feira 1º, ele responde o "deputadozinho" Paulo Pimenta (PT-RS), que havia pedido providências contra o tucano à OAB, ao MPF e à PF

Auditoria do TCU confirma 'pedaladas', dizem técnicos

:

Questão foi tratada, nesta terça-feira, em audiência pública da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado; entre os desvios apontados pelo secretário de Controle Externo da Fazenda Nacional junto ao TCU, Tiago Alves de Gouveia Lins Dutra, sobressaiu a identificação de subavaliação da dívida líquida do setor público em mais de R$ 40 bilhões em 2014; o secretário de Macroavaliação Governamental, Leonardo Rodrigues Albernaz, comentou a identificação de 18 distorções no Balanço Geral da União; para o senador Ricardo Ferraço, o governo fez com a questão fiscal "não foi farra nem carnaval, mas uma orgia"

Gilmar: despacho de Janot é 'ridículo e infantil'

:

Ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), questiona a conduta do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao arquivar um pedido de investigação sobre a campanha que reelegeu a presidente Dilma Rousseff; ele ainda ironizou o fato de ter assinado despacho no dia 13 de agosto: "Vem o despacho do procurador determinando o arquivamento, sintomaticamente no dia 13 de agosto, deve ser mera coincidência"; segundo ele, o parecer é “ridículo” e a fundamentação “vai de infantil a pueril”

Em reunião com deputados, Dilma pede 'saídas para rombo fiscal'

Roberto Stuckert Filho/PR:

Após o governo entregar ao Congresso a proposta de Orçamento da União de 2016, a presidente Dilma Rousseff reuniu nesta segunda (31) líderes da base aliada na Câmara e pediu ajuda na construção de "saídas para o rombo fiscal" de R$ 30,5 bilhões, o que representa 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB); Dilma fez um apelo aos parlamentares e pediu que eles apresentem medidas de aumento para a arrecadação do governo; Dilma fará o mesmo apelo aos líderes da base no Senado, que deve receber ainda nesta segunda em reunião no Palácio do Planalto

Renan: Orçamento é menos ficção e mais realidade

Jonas Pereira/Agência Senado:

"O Orçamento significa, do ponto de vista da gestão, da própria proposta orçamentária, uma mudança de atitude, um avanço. Eu acho que ele, fundamentalmente, tem que mobilizar a todos para que nós encontremos saídas. E essas saídas estão propostas no que chamamos de Agenda Brasil, cuja comissão está instalada aqui, no Congresso Nacional, amanhã", afirmou o presidente do Congresso, que recebeu a proposta dos ministros Joaquim Levy e Nelson Barbosa nesta segunda-feira

Nardes diz que o Brasil não pode continuar pedalando

Vladimir Platonow/Agência Brasil: <p>Ministro do TCU, João Augusto Nardes, fala sobre o processo que julga as contas de Dilma, durante evento sobre os Jogos de 2016, no Rio (Vladimir Platonow/Agência Brasil)</p>

Para o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, o governo deve explicações sobre as irregularidades encontradas pelo órgão; "Afinal, somos nós que pagamos os impostos", argumentou; o ministro comparou ainda a situação do Brasil com aquela dramática enfrentada pelo Rio Grande do Sul; "Lá não tem como pedalar mais. E se não fizermos alguma coisa no Brasil, a bicicleta também pode quebrar", afirmou

Dilma se encontra com Cunha e pede “harmonia”

:

Durante uma hora de encontro, a presidente Dilma Rousseff pediu ao presidente da Câmara que trabalhe "em harmonia" com o Palácio do Planalto a fim de superar a crise econômica e política do País; este foi o primeiro encontro dos dois desde que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) anunciou seu rompimento com o governo, em julho; após a reunião, o peemedebista declarou a jornalistas ser contra o Congresso devolver a proposta de orçamento para 2016, que prevê um déficit de R$ 30 bilhões nas contas públicas; "Não é porque se propôs um deficit que o Orçamento tem que ser devolvido. Tenho uma posição bem diferente. O governo tem que sinalizar que a dívida não vai aumentar", disse

Advogado que quer matar Dilma reitera ameaça

:

Advogado e ex-candidato a deputado pelo PSDB-DF, Matheus Sathler, que disse no Facebook que a presidente terá "a cabeça arrancada no dia 7 de setembro", reiterou a ameaça; em novo video, ele vociferou contra o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), que pediu investigação do caso, e afirma que o PT usa a "tática nazista" de "uebs", provavelmente aludindo a método atribuído ao ministro da propaganda nazista, Joseph Goebbels, de repetir mentiras "mil vezes" no intento de que se transformassem em verdade; assista

PAULO MOREIRA LEITE

Glória e tragédia de Danton, revolucionário e corrupto

: <p>Georges Jacques Danton</p>

Ao escrever sobre a Operação Lava Jato, da Polícia Federal, o jornalista Paulo Moreira Leite resgata a antiga história de Georges Jacques Danton e sua contribuição para a Revolução Francesa; "Danton é nome de avenidas, ruas, praças e vários locais públicos, inclusive cafés e restaurantes, como nenhum outro personagem da Revolução Francesa de 1789. Também enfrentou denúncias frequentes de corrupção", diz PML; leia a íntegra

SEU DINHEIRO

Dólar sobe 2% e encosta em R$ 3,70, o maior nível em 13 anos

:

O dólar subiu mais de 1,5 por cento nesta terça-feira e fechou encostado em 3,70 reais, refletindo a aversão ao risco nos mercados externos diante de renovadas preocupações com a China e nervosismo com a possibilidade de o Brasil perder seu selo de bom pagador diante da deterioração das contas públicas

Revista Brasil 247

Edição #54

Revista do dia

Revista Seu Dinheiro 213

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247