Maranhão 247Voltar para CAPA do 247

Acordo visa o combate ao trabalho escravo no MA

Foto: Karlos Geromy/Secap:

O Governo estadual e o MPT-MA assinaram termo de ajuste de conduta (TAC) que assume o compromisso de criar o programa estadual de enfrentamento ao trabalho em condições análogas às de escravo; a solenidade é um marco histórico no Brasil, pois esta é a primeira vez que esse tipo de acordo é celebrado entre um executivo e o MPT, segundo o governo; o TAC prevê a criação do programa estadual para assegurar, sobretudo, que os trabalhadores libertados não voltem a ser escravizados. Além disso, presume política de mobilização, prevenção e reinserção social das vítimas da exploração de ações voltadas às políticas públicas articuladas de educação, saúde, assistência social, trabalho, emprego e renda, promoção de acesso à terra, educação de jovens e adultos e profissionalizante

Flávio Dino diz que convocação do Exército por Temer foi ato hediondo

:

Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que "usar o Exército para mandar recado a opositores é hediondo, em um país que viveu uma ditadura com torturas, censura, cassações e mortes"; "As memórias de Rubens Paiva, Herzog, Covas, Marighella, Zuzu Angel, Ulysses Guimarães e outros perseguidos pela ditadura merecem respeito", declarou, em crítica direta a Michel Temer

Rocha estaria temendo que indicados por ele percam cargos no governo Temer

Marcos Oliveira:

O senador Roberto Rocha (PSB-MA) ficou desesperado com o anúncio de que seu partido sairia em massa do governo Temer, após as fortes denúncias que incidem sob o presidente; motivo seria o bom número de indicados de Rocha que atualmente ocupam algum cargo público em órgãos federais; parlamentar não sabe se, com a debandada da legenda da base governista, seus indicados políticos também perderão cargos no governo Federal; uma das baixas pode ser o diretor de negócios do Banco do Nordeste (BNB), Antônio Rosendo Neto Júnior, que foi indicado no final de 2016 por Roberto Rocha

Fernando Sarney estaria temendo eventual delação de Ricardo Teixeira

:

A provável prisão do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, por conta de seus negócios não republicanos com o ex-presidente do Barcelona e da Nike no Brasil, Sandro Rosell, preso na Espanha, em uma operação policial, teria deixado o empresário Fernando Sarney, filho do ex-presidente José Sarney (PMDB), em polvorosa; vice-presidente da CBF nos mandatos de Teixeira, o filho de Sarney era o braço político da entidade, portanto, teria ligações com o setor de propinas da CBF; segundo informações de bastidores da política local, ele teme que uma delação de Teixeira, caso seja preso pelas autoridades internacionais, possa atingi-lo

João Alberto diz que processo contra Aécio será analisado

:

O senador João Alberto Souza (PMDB-MA), que deverá ser reconduzido à presidência do Conselho de Ética do Senado, afirmou que dará andamento à representação apresentada pela Rede Sustentabilidade e pelo PSOL contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG); Alberto é aliado do ex-senador José Sarney, este por sua vez amigo de Aécio e conselheiro de Michel Temer; João Alberto disse que, depois de confirmado como presidente do Conselho, irá analisar os documentos para decidir se abre ou não um processo de cassação; Aécio foi gravado pedindo R$ 2 milhões à JBS

Complexo eólico bilionário entra em fase final de instalação

Secap: <p>Governador Flávio Dino, ao lado dos executivos da Ômega Energia, acionou o primeiro aerogerador do parque eólico entre Barreirinhas e Paulino Neves. Foto: Gilson Teixeira/Secap</p>

O Maranhão ganhou o primeiro empreendimento que aproveitará a força dos ventos para produzir energia limpa e sustentável; o Complexo Eólico Delta 3, da Omega Energia, entrou em fase final de instalação, entre as cidades de Barreirinhas e Paulino Neves; ao lado dos executivos da empresa, o governador Flávio Dino acionou o primeiro aerogerador do parque, que recebeu investimentos de cerca de R$ 1,5 bilhão; o complexo terá 96 aerogeradores e está com mais de 60% das obras concluídas; a previsão é de atingir 100% no início do segundo semestre deste ano

Mesmo perseguido por Sarney, irmão de Flávio Dino vai concorrer à PGR

:

Apesar da perseguição que sofre do ex-senador José Sarney (PMDB), que já fez a até o presidente em vias de ser cassado Michel Temer prometer empenho para evitar sua eleição, o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, vai concorrer, em setembro, à sucessão de Rodrigo Janot; a candidatura à PGR foi registrada nesta segunda-feira (22); emparedado por denúncias que o colocaram no olho do furacão da Lava Jato, Temer teria prometido ao velho oligarca maranhense veto ao irmão do governador Flávio Dino

Dino: saída é diálogo entre Lula e FHC, com pausa nas reformas

:

Uma das vozes mais sensatas da política brasileira, o governador do Maranhão, Flávio Dino, do PCdoB, aponta uma saída para o impasse nacional; "O único caminho que enxergo para a política é um acordo PT-PSDB, Lula e Fernando Henrique numa mesa. Neste momento de muita precarização da política, uma conversa direta seria um fato altamente positivo, uma mensagem importante de busca de recomposição da institucionalidade", disse ele, em entrevista à BBC; Dino diz ainda que Lula é quem mais teria condições de promover uma repactuação do País, mas afirma que ele pode vir a ser impedido de disputar as próximas eleições presidenciais, porque o Brasil estaria vivendo tempos de exceção; "A gente não vive condições normais, a Justiça se politizou, se partidarizou muito", diz ele

Preso filho de operador de propina de Sarney na Ferrovia Norte-Sul

Reprodução :

Os desdobramentos da Operação Lava-Jato envolvendo o operador de propinas de José Sarney na Ferrovia Norte-Sul, o ex-presidente da Valec José Francisco das Neves, o Juquinha, chegou ao seu filho, Jader Ferreira das Neves; o Ministério Público Federal e a Polícia Federal expediram mandato de prisão preventiva em investigação focada no recebimento de propina nas obras da Norte-Sul; Juquinha é velho aliado e considerado um dos laranjas de José Sarney. De acordo com as delações de executivos da Odebrecht, o grupo do ex-presidente foi beneficiário de recebimento de propina da obra da Ferrovia-Norte Sul, realizada pela empreiteira; pessoas ligadas ao peemedebista teriam recebido cerca de 1% sobre o contrato

MUNDO

Cristina Kirchner chama Temer de tolo e palhaço

:

"Temer é um ridículo internacional, que dispensa formalidades diplomáticas. Viramos piada até na Argentina", diz Fernando Brito, editor do Tijolaço, que resgatou discurso de Cristina Kirchner sobre Michel Temer, nesta sexta-feira

Revista Brasil 247

Edição #144

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #323

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247

Fechar