Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

Paraná 247

Fernando Baiano cita filho de FHC no petrolão

:

Arrolado como testemunha de acusação contra o ex-presidente Lula no caso do triplex do Guarujá (SP), o lobista Fernando Baiano acusou o filho do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, Paulo Henrique Cardoso; em depoimento ao juiz Sérgio Moro, Baiano lembrou um episódio em que a empresa que representava perdeu um contrato na Petrobras, porque a ordem do então diretor de Gás e Energia Delcídio Amaral era atender um pedido de Paulo Henrique; vídeo

Sai a delação do fim do mundo e ela começa por Emílio Odebrecht

:

Dono da maior empreiteira do País e pai de Marcelo, preso há mais de um ano em Curibita, Emílio Odebrecht foi o primeiro nome da empreiteira a assinar o acordo de delação premiada, que envolve 77 executivos; até agora, já se sabe que a Odebrecht delatou nomes como Michel Temer, o senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do seu governo, o ministro José Serra, chanceler, e o presidente do PSDB, Aécio Neves (PSDB-MG); Temer foi acusado de pedir R$ 11 milhões no Jaburu, Jucá de receber R$ 22 milhões, Serra de levar uma doação de R$ 23 milhões na Suíça e Aécio de ser pago pela Odebrecht, numa triangulação que envolve também seu marqueteiro; além da delação premiada dos executivos e ex-executivos, a empresa Odebrecht firmou com acordo de leniência com o MPF e vai pagar uma multa de R$ 6,7 bilhões

Requião: projeto de abuso de autoridade ‘não tem nada a ver com a Lava Jato’

Waldemir Barreto: senador Roberto Requião (PMDB-PR)

Em vídeo, o senador Roberto Requião (PMDB-PR) defende o projeto contra abuso de autoridade por parte de juízes e procuradores e afirma que ele "não tem nada a ver com a Lava Jato"; "Não é possível  que haja continuidade do abuso de poder, da mentira da imprensa, da manipulação da informação. Essa canalhice tem que acabar", diz; Requião, que é relator da proposta, anuncia que irá processar a Folha de S. Paulo, por tentar te "envolver neste processo" e dizer "mentirosamente, criminosamente, que eu fui envolvido numa delação premiada do Sérgio Machado"

Oposição vai protocolar CPI para investigar propinoduto no governo Richa

:

O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) informou que na próxima segunda-feira (5) vai protocolar na Assembleia Legislativa um pedido de CPI para investigar a existência de um propinoduto do governador Beto Richa (PSDB), conforme denúncia do deputado federal João Arruda (PMDB-PR); Arruda acusou Richa de fazer achaque para receber propina de empreiteiros que têm obras no governo estadual; a discussão gira em torno da construção de uma ponte sobre o Rio das Cinzas, na PR-436, entre Bandeirantes e Itambaracá, no Norte do Estado; a nova travessia terá investimento de R$ 15,1 milhões

De Dallagnol para Temer e Jucá: o objetivo é estancar a sangria da Lava Jato

:

Ao se pronunciar, nesta tarde, sobre a reação do Congresso Nacional às "10 medidas contra a corrupção", o procurador Deltan Dallagnol, que coordena a força-tarefa da Lava Jato, mandou um recado indireto para o governo Temer; "O objetivo é estancar a sangria", disse ele, referindo-se à frase dita pelo senador Romero Jucá (PMDB-RR), líder do governo Temer, num grampo com Sergio Machado; Jucá dizia ser necessário derrubar a presidente Dilma Rousseff e colocar Michel Temer em seu lugar para frear a Operação Lava Jato; vídeo

Dallagnol: Dilma fez mais pelo combate à corrupção

:

Coordenador da força-tarefa da Lava Jato, o procurador Deltan Dallagnol, que antes do impeachment dizia que não havia diferença em ações de combate à corrupção entre os governos, reconheceu que na gestão da presidente deposta Dilma Rousseff houve mais avanço nesse sentido; "Até o governo Dilma avançou propostas contra a corrupção muito melhores que as que foram aprovadas", disse nesta quarta-feira 30, em coletiva de imprensa convocada para criticar a aprovação, pela Câmara, das 10 medidas contra a corrupção, que inclui a proposta de abuso de autoridade contra magistrados

Requião: “vocês estão loucos? Querem o abuso de autoridade?”

Geraldo Magela/Agência Senado: <p>requiao</p>

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) criticou nesta sexta-feira, 2, quem defende a rejeição do projeto de lei em tramitação no Senado que torna crime o abuso de autoridade por representantes dos três poderes, incluindo juízes e promotores; "Minha gente, vocês estão loucos? Vocês são a favor do abuso de autoridade de um juiz, do Ministério Público, da Polícia, de um parlamentar?", questionou; "Como é que alguém pode ser a favor de uma autoridade que ultrapassa os limites legais? Não cometa a imbecilidade de ser a favor do arbítrio", pediu o senador, que está recolhendo sugestões para aperfeiçoar a matéria; confira vídeo

Requião: ‘quero que os corruptos no poder devolvam o nosso País’

Marcos Oliveira: <p>Plenário do Senado durante sessão deliberativa ordinária. Em discurso, senador Roberto Requião (PMDB-PR). Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado</p>

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) voltou a tecer críticas ao governo do presidente Michel Temer; "Quero que a banca, o mercado, os bobocas fascistoides, os corruptos no poder, nos devolvam nosso país, nosso Brasil", afirmou o parlamentar; um dos principais críticos ao golpe contra Dilma Rousseff, o congressista voltou a defender eleição para presidente; "É simples,com eleição direta para presidente e amplo debate teremos nosso Brasil de volta", afirmou

ECONOMIA

Crise de Temer e Meirelles derruba assinantes de TV

:

A recessão econômica, liderada pelo presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles, provocou a queda de 2,4% no número de assinantes de TV paga em outubro; comparado com o mesmo período do ano passado, o setor perdeu 471 mil assinantes; entre outubro de 2015 e outubro de 2016, a entrada dos serviços de TV por assinatura nos domicílios brasileiros caiu de 29,22% para 27,83%; "O fator principal é a crise econômica, que levou principalmente as famílias de mais baixa renda a cancelar seus pacotes", disse o presidente da consultoria Teleco, Eduardo Tude

SP 247

“As próprias 19 testemunhas do MP inocentam Lula”, diz Zanin

Paulo Pinto/ AGPT: <p>14/09/2016- São Paulo- SP, Brasil- O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Foto: Paulo Pinto/ AGPT</p>

Em entrevista ao jornalista Renato Rovai, da Revista Fórum, o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Lula, afirmou que das 19 testemunhas da ação penal referente ao triplex do Guarujá, nenhuma foi capaz de apontar ilegalidade em ações do ex-presidente; "Elas não tinham qualquer fato a relatar que pudesse configurar um ato ilícito praticado pelo ex-presidente Lula. E também não souberam e não tinham condições de estabelecer qualquer vínculo entre o ex-presidente Lula e o chamado tríplex do Guarujá, que é objeto dessa ação que tramita em Curitiba", afirmou Zanin; assista ao vídeo da entrevista

Revista Brasil 247

Edição #119

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #300

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247