Rio 247Voltar para CAPA do 247

Marcelo Madureira é expulso de protesto aos gritos de golpista e canalha

:

Na tarde dessa sexta (28), ao tentar gravar uma matéria, o ex-integrante do Casseta e Planeta, foi hostilizado pelos cariocas, no Centro do Rio, em ato contra as reformas trabalhistas e da previdência; ele acabou sendo expulso do local com muitos xingamentos: “vaza, golpista!”, “fascista”, “canalha”, “defensor dos Marinhos” e até ameaça de agressão física

Protestos provocam bloqueios em rodovias do Rio

Reprodução/Tv Globo:

Manifestantes estão fazendo bloqueios em vários pontos de rodovias no Rio; eles participam da mobilização nacional contra as reformas trabalhista e Previdenciária propostas pelo governo federal; a pista sentido Rio da Ponte Rio-Niterói foi liberada depois de ficar bloqueada das 6,20h até às 8h de nesta sexta-feira (28); o tempo de travessia da ponte agora é de 33 minutos, cerca de 20 minutos a mais do que os 13 minutos normais

Vizinhos de Sérgio Côrtes escrevem carta de repúdio ao ex-secretário

:

Vizinhos do ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes escreveram uma carta aberta dirigida a ele e à sua esposa, Verônica Vianna, na qual manifestam o "mais profundo repúdio" ao "nefasto convívio"; "De médicos como os senhores, espera-se por princípio que preservem a vida. Os senhores a ceifam!"; Côrtes foi preso durante fase da Lava Jato que investiga fraudes no fornecimento de próteses para o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (INTO); segundo a PF, o esquema teria causado prejuízo de ao menos R$ 37 milhões. 

Pezão diz que precisa de ajuda federal para segurança

Valter Campanato/Agência Brasil: <p>Brasília - O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa reúne-se com o Governador do Rio, Luiz Fernando Pezão (Valter Campanato/Agência Brasil)</p>

Depois de cinco mortes em seis dias no Complexo do Alemão, o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, voltou a admitir que precisa da ajuda do governo federal; de acordo com o chefe do executivo estadual, o estado tem quatro mil policiais militares formados, mas não podem começar o serviço por falta de dinheiro; “Eu preciso ter mais recursos. Eu tenho quatro mil policiais pra serem admitidos, mas, infelizmente hoje não posso admiti-los, não tem recursos”, disse Pezão 

Menino de 16 anos morre após ser baleado no Alemão

Foto: Bruno Itan/ Coletivo Alemão (2013):

O estudante Felipe Farias Gomes de Souza foi morto nesta quarta-feira 26, depois de ser baleado durante um tiroteio no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro; ele morreu dois dias depois de outro adolescente, Paulo Henrique de Moraes, de 13 anos, ter sido baleado e morto no Complexo do Alemão

Justiça decide mandar mulher de Cabral de volta à prisão

:

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) decidiu nesta quarta-feira (26) que a advogada Adriana Ancelmo, mulher do ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) e investigada por corrupção e lavagem de dinheiro, deverá retornar à prisão; Adriana havia beneficiada por liminar do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que lhe dava o direito de cumprir prisão domiciliar; a advogada deverá voltar a ocupar uma das celas da cadeia feminina de Bangu, na zona oeste carioca. Cabral está no mesmo complexo penitenciário

Paes diz que Crivella precisa “acordar cedo e dormir tarde”

:

O ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes, afirmou não ter deixado problemas financeiros em sua administração; ele justifica a queda na arrecadação como responsável por possíveis dificuldades financeiras; para Paes, os empréstimos feitos pela prefeitura são ‘pagáveis”: "Claro que são. Isso é de gestão. É preciso sentar na cadeira, se dedicar aos números, acordar cedo e dormir tarde, o que não parece ser uma característica do atual prefeito”

A Moro, Cabral diz que pagou itens de luxo com caixa 2, mas nega propina

:

Ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral negou ter recebido propina da Andrade Gutierrez no contrato para construção do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj); ele foi ouvido hoje (27) pelo juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, na condição de réu do processo a que responde no âmbito da Operação Lava Jato; Cabral negou ter comprado mercadorias com propina para dissimular a origem do capital; "Comprei com recursos próprios e sobras de recursos de campanha", afirmou

MÍDIA

Globo veta expressão greve geral e manda focar na "baderna", denuncia jornalista

:

"Recebi de um colega o seguinte relato. Na redação da TV Globo São Paulo, na preparação do telejornal vespertino, um editor se dirigiu aos berros à equipe, dizendo estar vetado o uso da palavra 'greve geral'. Ordens superiores", informa o jornalista Rodrigo Ratier; "O clima na redação é de revolta e consternação"

Revista Brasil 247

Edição #141

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #319

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247

Fechar