Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.

9.02.2016

Fotos Públicas

SP 247

Russomanno lidera em pesquisa e PSDB fica em 4°

:

Na pesquisa encomendada pelo PSDB ao Instituto GPP, que projeta tucanos em quarto lugar, Celso Russomanno (PRB) é líder isolado em todos os cenários testados, com índices de intenção de voto que variam de 34,6% a 35,9%; Marta Suplicy (PMDB) fica segundo lugar, com 14,6%; Em terceiro está o prefeito Fernando Haddad (PT), com 9,5%; o candidato do PSDB sairá das prévias marcadas para 28 de fevereiro, na disputa entre o deputado federal Ricardo Tripoli, o vereador Andrea Matarazzo – que tem apoio de Serra e FHC - e o empresário João Doria, aliado do governador Geraldo Alckmin

Imigrantes são vítimas de aluguel abusivo em SP

:

De acordo com a Coordenação de Imigrantes da Prefeitura de São Paulo, há uma “cultura de exploração” contra estrangeiros que chegam à capital em situação de vulnerabilidade; "Com a dificuldade em conseguir documentos, os imigrantes acabam aceitando condições abusivas de moradia. Assim como nós, os imigrantes também enfrentam a especulação no preço dos alugueis. No entanto, com a dificuldade com o idioma e sem comprovar renda, eles acabam pagando até o dobro do que o aluguel seria em condições normais", relata o coordenador de Política para Imigrantes em SP, Paulo Illes

Empresa ligada a deputado do PMDB é suspeita na máfia da merenda

:

Uma empresa que pertence ao empresário Gustavo Spido, que fez dobradinha com o presidente do PMDB estadual, Baleia Rossi, nas eleições de 2014, foi contratada para a construção de um centro de distribuição da Cooperativa Orgânica Agrícola Familiar (Coaf), em Bebedouro, que nunca foi concluído; obra recebeu repasse de R$ 384 mil do governo Alckmin (PSDB); durante a investigação da operação Alba Branca, Baleia Rossi foi apontado como um dos beneficiários do esquema de propina da merenda escolar, ao lado do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Fernando Capez (PSDB), e do secretário estadual de Logística e de Transportes, Duarte Nogueira

Marta: Todo mundo tem medo de vaia

:

Pré-candidata do PMDB à Prefeitura de São Paulo, senadora Marta Suplicy “desfilou” entre os raros políticos que apareceram no espaço que o advogado Marco Aurélio Carvalho fechou para convidados, no Camarote do Bar Brahma, em SP; "Eles não vêm porque é aquela coisa, medo de serem vaiados", disse ex-petista; "Tá todo o mundo com medo de vaia. Mas eu posso. Onde eu chego, falam comigo, querem tirar foto"

Advogado: mídia volta a mirar Lula com “factoide”

:

Em nota, Cristiano Zanin Martins, que defende Luis Claudio Lula da Silva, filho do ex-presidente, rebate reportagem da Folha de S. Paulo que afirma que o empresário do esporte teria recebido dinheiro do Corinthians sem prestar serviços; "A mídia de fofocas vale-se de pseudo-depoimentos que 'atestam' a inexistência do serviço (...). E ignora-se que o clube, desde 2011, é um dos 16 times que integram o campeonato nacional de futebol americano organizado pela empresa Touchdown, de propriedade de Luis Claudio, através do time Corinthians Steamrollers", responde; para a defesa, "trajetória no Corinthians é a peça da vez para desqualificar o profissional Luis Claudio" e, "com o factoide, esperam, em verdade, robustecer os ataques ao ex-presidente"; leia a íntegra

Janio: Alckmin reagiu contra estudantes, mas não contra taxistas

:

Em crítica a "uma corporação profissional a que são concedidos privilégios materiais e permissão de abusos que nenhuma outra profissão tem", em referência ao taxista, jornalista Janio de Freitas diz que "nenhuma providência respeitável de algum governador para impedir a progressão do vale-tudo" foi tomada; "Nem mesmo de Geraldo Alckmin quando, em São Paulo, a ameaça já é de incêndio 'a qualquer carro preto'. Estudantes que interromperam o trânsito engrossado pelos táxis, no entanto, apanharam da polícia de Alckmin"

Escolas de samba brilham no último dia de desfiles

Rafael Neddermeyer: <p>São Paulo-SP-Brasil- 06/02/2016 - Carnaval 2016 - Primeiro dia dos desfiles das escolas de samba do grupo especial de São Paulo, realizado no sambodromo do </p>

No último dia de desfiles do grupo especial no Anhembi, sete escolas se apresentaram: Mocidade Alegre, Vai-Vai, Dragões da Real, X-9 Paulistana, Acadêmicos do Tucuruvi, Unidos do Peruche e Império de Casa Verde; agremiações abrilhantaram o carnaval paulistano, apesar de problemas com carros alegóricos, tumulto no início do desfile de uma escola e uma mulher que se despiu e foi expulsa; entre as escolas mais esperadas estava a Vai-Vai, a grande campeã do ano passado e quinta a desfilar ontem

Operário morre soterrado em obra na capital

:

Morreu o operário Favilson Alves, que foi soterrado na manhã desta segunda-feira, 8, após o desabamento de uma obra na Avenida Voluntários da Pátria, em Santana, zona norte de São Paulo; operário foi resgatado pelo Corpo de Bombeiros após quase oito horas soterrado, estava sob cerca de três metros de terra

Marchinhas embalam os Esfarrapados na capital paulista

:

Sob um sol forte, muita alegria e ao som de marchinhas carnavalescas, milhares de foliões foram às ruas do Bixiga, no centro de São Paulo, acompanhar o bloco Esfarrapados, o mais antigo e tradicional da capital; criado em fevereiro de 1947, o bloco atrai foliões de todas as idades com suas fantasias, adereços, confetes e muita espuma

ECONOMIA

'Brasil deve priorizar a geração de empregos'

:

Economista americano Dean Baker, um dos raros estudiosos a identificar a bolha imobiliária nos EUA, ainda no início dos anos 2000, diz que um novo crash como o de 2008 não está no horizonte; sobre a América Latina, diz que grande parte viverá recessões e o melhor a fazer é desvalorizar moedas; nesse cenário, afirma, o Brasil deve priorizar a geração de empregos: “Os custos do desemprego são enormes para os trabalhadores e gerações futuras”

MÍDIA

Após fracasso, Kataguiri tenta descolar golpe de Cunha

:

Com a queda das mobilizações contra o governo, líder do Movimento Brasil Livre lança nova campanha que “deixa claro que o maior interessado no impeachment da presidente Dilma não é Cunha ou a oposição, mas a população brasileira”; 'Vale lembrar que o impeachment começou a ser debatido pela classe política única e exclusivamente por causa da pressão popular. Antes de a população impor essa pauta, até a oposição a rejeitava', afirma

Revista Brasil 247

Edição #77

Revista do dia

Revista Oásis - Edição #257

Vídeos 247 Canal Youtube do Brasil 247