América latina

Colômbia: prefeitura de município do nordeste decreta toque de recolher devido a aumento da violência

A medida foi tomada a 5 dias da eleição presidencial e vigora desde a quarta-feira até 30 de maio

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução, Brasil 247)


ARN - A prefeitura do município de Anorí, no nordeste de Antióquia, na Colômbia, decretou nesta quarta-feira (25) toque de recolher até 30 de maio, como resultado do aumento dos casos de violência. A mais recente foi em 23 de maio, quando dois homens entraram na casa do vereador Felipe Hernández e atiraram nele.

Além disso, o decreto proíbe temporariamente o estacionamento de veículos particulares no perímetro da praça principal e ordena o fechamento de todos os estabelecimentos comerciais ao mesmo tempo que o toque de recolher. Motocicletas também estão restritas à circulação em todo o município.

A medida vigorará desta quarta-feira até 30 de maio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a Ouvidoria, o município de Anorí "está em alto risco para as eleições do próximo domingo, 29 de maio", já que há a presença do grupo armado Exército de Libertação Nacional (ELN), do Clã del Golfo e de grupos residuais do Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (FARC).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eleições

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Este toque de recolher ocorre dias antes das eleições presidenciais que ocorrerão no próximo domingo, 29 de maio. Há seis candidatos para governar o país. O vencedor será aquele que obtiver metade mais um do total de votos. Caso isso não ocorra, haverá uma segunda disputa entre os dois candidatos com maior número de votos. 

As pesquisas coincidem em mostrar Gustavo Petro, do Pacto Histórico de esquerda, como favorito para ir ao segundo turno. O senador e ex-prefeito de Bogotá tem 35,8% de intenção de voto, segundo o último relatório do Centro Nacional de Consultoria (CNC) de 19 de maio, seguido por Federico Gutiérrez com 20,8% e Rodolfo Hernández com 19,1%. Sergio Fajardo, por sua vez, recebe 4% dos votos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na comparação com a medição anterior, houve leve queda no Petro, que tinha 38% em 22 de abril, e Gutiérrez, que tinha 23,8%. O grande salto é dado por Hernández, que há um mês tinha 9,6% dos votos, segundo o CNC.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email