Servidor de carreira da Fundação Nacional do Índio (Funai), o indigenista Bruno Ribeiro foi exonerado do cargo de coordenador-geral de Índios Isolados, função que desempenhava desde junho de 2018. Horas antes do afastamento, o dirigente estava combatendo mineradoras que pretendiam atuar na Terra Indígena Yanomani, em Roraima

Ao vivo na TV 247 Youtube 247

Últimos envios

Revista Brasil 247