PUBLICIDADE

O jornalista, em entrevista à TV 247, afirmou que a luta contra o fascismo deve ir muito além das manifestações de rua, buscando combater a influência global da “ultradireita supremacista branca”. “Uma das táticas que a gente precisa desenvolver muito rápido é como bater esses neonazistas da ultradireita internacional”. Assista

PUBLICIDADE

Ao vivo na TV 247 Youtube 247

Cortes 247

Revista Brasil 247