Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.


2018: Se não cair antes, Temer será a Geni da campanha

REUTERS/Ueslei Marcelino

"Lula não o tem poupado. Álvaro Dias subiu o tom, agora chama Temer de chefe de quadrilha. Marina também está corrigindo seu discurso equivocado. Alckmin e Dória, por conta do apoio do PSDB ao Governo e da parceria com o PMDB no golpe, estão sendo indulgentes com Temer, e quando perceberem o erro que estão cometendo, pode ser tarde. Mas com certeza, acabarão direcionando o cano da espingarda para o ocupante do Planalto. Isso se ele ainda estiver na cadeira em 2018", avalia a colunista do 247 Tereza Cruvinel; "Temer agora está com o arsenal  fiscal esgotado, com a base dividida, com Rodrigo Maia ressentido e com os militares ameaçando com uma intervenção caso a crise não seja resolvida pelos poderes  constituídos. A crise é sua permanência no Planalto", afirma

Ciro: Lula fez muito bem ao Brasil e pode se eleger mesmo após Palocci

Dir. Ricardo Stuckert

Pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes afirmou que o ex-presidente Lula tem viabilidade de se eleger, mesmo após o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci; "Viabilidade tem. O Lula foi uma pessoa que fez muito bem a muita gente no Brasil. Foi um presidente que fez muito bem ao Brasil", disse o pededista, durante evento do PDT em São Paulo; de acordo com o ex-governador, "há um componente de perseguição" contra o ex-presidente. "A minha responsabilização ao Lula não é nesse plano penal, policial, de Lava Jato. A minha responsabilização ao Lula é política"


Fechar