Brasil 247: o seu jornal digital 24 horas por dia, 7 dias por semana.


Lava Jato ironiza PF: quantas malas são necessárias?

 Marcos Corrêa/PR | Reprodução

Integrante da força-tarefa da Operação Lava Jato em Curitiba, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima ironizou nesta terça-feira a declaração do novo chefe da Polícia Federal, Fernando Segovia; "Uma pergunta: Quantas malas de dinheiro são suficientes para o novo diretor-geral da Polícia Federal", questiona Carlos Fernando; o novo diretor-geral da PF afirmou ontem, na cerimônia de sua posse, ao lado de Michel Temer, que a investigação que levou a Procuradoria-Geral da República a denunciar o peemedebista poderia ter sido mais longa; para ele, se a apuração estivesse "sob a égide" da PF, e não da PGR, a corporação pediria mais tempo para avaliar "se havia ou não corrupção"

Doações a Doria também eram fake, aponta TCM

Levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) de São Paulo revela que mais de R$ 600 milhões em doações recebidas pela prefeitura não passaram de anúncios feitos por João Doria; de acordo com o documento, o tucano divulgou desde o início de seu mandato R$ 666 milhões em doações feitas por diversas empresas à cidade, mas até outubro último somente 8,8% das doações saíram do papel; as doações da iniciativa privada são uma das marcas de João Doria na prefeitura da capital; o tucano exibe diversos vídeos nas redes sociais ao lado de executivos, divulgando mais uma 'boa ação' dos empresários


Fechar