Presidente da Corte Eleitoral, ministro Alexandre de Moraes determinou a apuração de responsabilidade criminal de seus idealizadores e enviou o caso à Corregedoria do TSE

Ao vivo na TV 247

Cortes 247

Revista Brasil 247